Nome do Projeto
ANÁLISE DE ERROS DE PRESCRIÇÃO EM UM HOSPITAL DA REGIÃO SUL DO BRASIL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/12/2014 - 30/06/2015
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Farmácia
Resumo
A grande preocupação com a qualidade de vida dos pacientes hospitalares gera um desafio diário para os profissionais de saúde. No âmbito hospitalar, os medicamentos são considerados os principais insumos, onde é necessário um processo complexo para garantir o uso seguro. Os erros de medição são qualquer evento evitável relacionados com os medicamentos, entre estes, encontra-se o erro de prescrição, o qual tem elevado potencial para resultar em consequências maléficas para os pacientes e gastos econômicos para o hospital. A prevenção de erros tem sido reconhecida mundialmente como uma prioridade para os serviços de saúde, sendo de grande relevância durante a prescrição médica, pois os equívocos são bastante comuns. Quanto mais medicamentos administrados aos pacientes, maior é o potencial de erros, tornando-se ainda mais complexo nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e Unidades Semi Intensiva (USI), devido ao uso de medicamentos potencialmente perigosos (MPP) e aos pacientes estarem com certa instabilidade clínica. A prescrição é um importante elo de comunicação escrita entre os profissionais de saúde, vista como o início de uma série de eventos dentro do processo de medicação, que resultará em uma administração segura, ou não, de uma dose ao paciente. Devem estar presentes as informações obrigatórias, conforme a legislação vigente, além de serem escritas de forma clara, objetiva e completa, assim, minimizando as dúvidas dos profissionais e proporcionando maior segurança aos pacientes hospitalizados. Devido aos diversos erros potenciais relacionados com a prescrição médica, evidencia-se a importância do farmacêutico na análise prévia à distribuição dos medicamentos, evitando possíveis danos aos pacientes. Portanto, através da intervenção farmacêutica, é possível reduzir eventos adversos, aumentar a qualidade assistencial, diminuir custos hospitalares e promover o uso racional de medicamentos. O objetivo geral deste estudo é determinar a prevalência de erros de prescrição em um hospital da região sul do Brasil. Será realizado estudo transversal, em um hospital de Pelotas, RS, sendo a amostra composta por todas as prescrições do hospital dos últimos seis meses.

Objetivo Geral

GERAL

Determinar a prevalência de erros de prescrição em um hospital da região sul do Brasil.
ESPECÍFICOS

- Identificar os erros de prescrição mais frequentes.
- Analisar a associação entre erros de prescrição e setores do hospitalar.
- Promover o uso correto do modelo de prescrição existente.
- Promover o uso racional de medicamentos.
- Promover oficinas com os profissionais da saúde, focadas para a prescrição racional de medicamentos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
THIELY FERNANDES JACOBSEN2001/12/201430/06/2015

Página gerada em 18/11/2019 11:57:29 (consulta levou 0.069401s)