Nome do Projeto
Tabagismo: discriminação salarial e diferenças entre gêneros.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
10/12/2014 - 11/03/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Resumo
Esta análise é importante por analisar o tabagismo no mercado de trabalho brasileiro, no que se refere a salários, onde poderemos eliminar uma possível assimetria de informação por parte dos trabalhadores fumantes: eles receberem salários menores pode estar associado com o fato de serem fumantes. Além disso, se houver uma discriminação salarial associada ao tabagismo, este estudo pode auxiliar informando ao jovens não-fumantes o custo de oportunidade de começar a fumas, uma vez que o estudo vai mensurar as possíveis diferenças salariais. A contribuição deste artigo se dá por ser uma análise pouco utilizada no Brasil, de modo que pode auxiliar a formulação de campanhas pela redução do tabagismo. A base de dados utilizada é a Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (PNAD) para o ano de 2008, na qual constava uma pergunta sobre o número de cigarros fumados por dia.

Objetivo Geral

O presente trabalho tem por objetivo, em um primeiro momento, estudar as diferenças de gênero no número de cigarros fumados por dia, decompondo a diferença entre uma parte explicada pelas variáveis de controle e uma parte não-explicada, que será considerada como diferença de gênero no hábito de tabagismo. Em um segundo momento, o objetivo desse trabalho é analisar se existe discriminação salarial relacionada ao tabagismo no mercado de trabalho brasileiro, ou seja, se fumantes recebem salários menores do que os não-fumantes, ceteris paribus.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALAN KONZGEN ZIBETTI210/12/201411/03/2016
JULIA GALLEGO ZIERO UHR110/12/201411/03/2016

Página gerada em 18/11/2019 12:03:04 (consulta levou 0.079465s)