Nome do Projeto
Estudo da erosão superficial em bacia hidrográfica rural através de parcelas experimentais
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
16/03/2015 - 31/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Civil
Resumo
A agricultura em escala de bacia hidrográfica é a uma das principais fontes de produção de sedimentos, na qual influencia diretamente na dinâmica hidrossedimentológica da bacia. O desmatamento, o crescimento urbano, a mineração e o barramento dos cursos d’água são também fontes que contribuem para o processo erosivo. Questões relacionadas aos processos erosivos são motivo de muita preocupação em todo mundo. Por isso, que se torna cada vez mais importante à análise dos impactos causados pela erosão em escala de bacia. O processo erosivo é caracterizado pelo desprendimento das partículas dos agregados do solo, pelo transporte e deposição das partículas carreadas, ocasionado pela ação das gotas de chuvas e pela força de cisalhamento do escoamento superficial. Em escala de bacia hidrográfica a erosão hídrica pode apresentar significativa influência na produção de sedimentos. Nos locais onde ocorrem os processos erosivos, verifica-se a perda da capacidade produtiva do solo, devido à remoção dos horizontes superficiais. Tal mudança pode provocar variações significativas no ambiente, reduzindo a proteção da camada superficial do solo, alterando as condições de infiltração e escoamento da água. Alguns pesquisadores propõem à mensuração da erosão superficial e seus processos condicionantes através do método padrão de Wischmeier, que analisa as perdas de solo através de parcelas experimentais. Esse método necessita de áreas que sejam representativas da região da bacia hidrográfica, a fim de evitar a perda de eventos importantes quando ocorre transbordamento dos escoamentos formados nas parcelas. O presente estudo consiste no monitoramento das perdas de solo, do escoamento superficial e dos componentes hidrológicos, através de parcelas experimentais, submetidas a diferentes cenários de uso e ocupação do solo, dispostas em áreas pertencentes à bacia hidrográfica do Arroio do Ouro no município de Morro Redondo e Pelotas/RS.

Objetivo Geral

Monitorar as perdas de solo, o escoamento superficial e os componentes hidrológicos, em parcelas experimentais, submetidas a diferentes cenários de uso e ocupação do solo, dispostas em áreas pertencentes à bacia hidrográfica do Arroio do Ouro no município de Morro Redondo e Pelotas/RS.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
GUILHERME KRUGER BARTELS407/03/201531/12/2019
HENRIQUE LEIVAS TEIXEIRA407/03/201531/12/2019
IZADORA DA SILVA BRAGA407/03/201531/12/2019
LUCIANA SHIGIHARA LIMA407/03/201531/12/2019
LUCIANA SHIGIHARA LIMA1201/08/201531/07/2016
REGINALDO GALSKI BONCZYNSKI416/03/201531/12/2019
ROBERTA MACHADO KARSBURG407/03/201531/12/2019
VIVIANE SANTOS SILVA TERRA606/05/201531/12/2019

Página gerada em 08/04/2020 02:11:52 (consulta levou 1.444442s)