Nome do Projeto
CARACTERIZAÇÃO BIOLÓGICA E FISIOLÓGICA DE BIÓTIPOS DE Echinochloa spp. RESISTENTES A HERBICIDAS INIBIDORES DE ALS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
27/04/2015 - 31/08/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Resumo
O Sistema Clearfield® de produção de arroz irrigado proporcionou uma estratégia de manejo eficaz no controle seletivo de plantas daninhas, pelo uso de genótipos de arroz resistentes a herbicidas do grupo químico das imidazolinonas, cujo mecanismo de ação é a inibição da enzima acetolactato sintase (ALS) em plantas, sendo o herbicida imazapir+imazapic é muito utilizado. No entanto, a pressão de seleção causada pelo uso contínuo de produtos com o mesmo mecanismo de ação pode provocar a seleção de biótipos de plantas daninhas resistentes. O capim-arroz é uma planta daninha que apresenta-se associada à cultura do arroz irrigado, sendo considerada uma das principais infestantes em função da sua alta competitividade e da sua adaptabilidade ao ecossistema do arroz. Este projeto de pesquisa tem por objetivo avaliar a resistência de biótipos de capim-arroz aos herbicidas inibidores da enzima ALS, originários da região Sul do Rio Grande do Sul. Para isso, serão conduzidos estudos visando: 1) caracterizar o nível da resistência aos herbicidas inibidores da ALS em biótipos de capim-arroz coletados nos municípios de Arroio Grande, Capão do Leão, Pelotas, Rio Grande, Santa Vitória do Palmar e São Gabriel; 2) avaliar mecanismo de ação herbicida alternativos aos inibidores da ALS na lavoura de arroz; 3) elucidar o(s) mecanismo(s) de resistência envolvido(s) e, 4) comparar valores adaptativos entre os biótipos resistentes e suscetíveis.

Objetivo Geral

Determinar os níveis de resistência aos inibidores da ALS em biótipos de capim-arroz através do cálculo da dose do herbicida necessária para controlar 50% da população (C50) e reduzir 50% da produção de massa seca de capim-arroz (GR50) em biótipos resistentes e suscetíveis;
Avaliar o controle de biótipos de capim-arroz resistentes com herbicidas alternativos recomendados, aplicados isoladamente para o controle da espécie;
Investigar mutação no gene da enzima ALS de biótipos resistentes através do sequenciamento do gene, bem como analisar a ocorrência do incremento de metabolização, como mecanismos mecanismo de resistência em biótipos de capim-arroz;
Comparar valores adaptativos de biótipos de capim-arroz resistentes e suscetíveis aos inibidores da enzima ALS através de avaliações durante o crescimento e desenvolvimento dos biótipos e coleta e análise de viabilidade das sementes produzidas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
EDUARDO ANCINELLO NOGUEIRA1201/08/201531/07/2016
JALLISON PINHEIRO NUNES1227/04/201528/02/2016
JOELMIR IBEIRO DE OLIVEIRA1227/04/201528/02/2016
RAFAEL BECKER1227/04/201528/02/2016
TIAGO CORAZZA DA ROSA1227/04/201528/02/2016

Página gerada em 21/09/2020 16:02:08 (consulta levou 0.079351s)