Nome do Projeto
As condições de saúde bucal das mães durante a gravidez podem afetar negativamente os resultados da gravidez e a saúde bucal dos filhos? Um estudo em uma coorte de base populacional no Sul do Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
10/04/2015 - 31/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Resumo
Agravos de saúde bucal durante a gravidez podem levar a desfechos de saúde geral adversos, tais como nascimento prematuro e baixo peso ao nascer. O presente trabalho tem como objetivo avaliar as condições de saúde bucal de todas as gestantes da cidade de Pelotas, parturientes no ano de 2015, cujos filhos serão participantes da Coorte de nascimentos de 2015, assim como acompanhar seus filhos até os 48 meses de idade, a fim de avaliar o impacto das condições de saúde das mães nas condições de saúde das crianças ao nascimento e na primeira infância. As variáveis do exame clínico incluem a presença de cárie dentária coronária; sangramento gengival; doença periodontal e lesões de tecido mole. Os exames serão realizados nos domicílios dos participantes, com uso de luz artificial , material de exame devidamente esterilizado. Todos os examinadores, cirurgiões dentistas, pós-graduandos em Odontologia ou Epidemiologia, estarão devidamente paramentados respeitando as normas de biossegurança preconizadas pela Organização Mundial da Saúde. Outras variáveis do estudo, como as perinatais, demográficas, socioeconômicas, demográficas, comportamentais, de saúde bucal (higiene bucal, dor de origem dentária, dificuldades de alimentação em razão de condições bucais, xerostomia, o impacto dos desfechos de saúde bucal na qualidade de vida dos indivíduos e a utilização de serviços) serão coletadas pela aplicação de questionário padronizado e pré-testado previamente em outros estudos epidemiológicos. Os entrevistadores serão alunos do programa de Pós-graduação em Epidemiologia (UFPel), também com experiência neste tipo de atividade. A equipe de trabalho de campo será composta por 10 examinadores e 10 entrevistadores, além dos supervisores do trabalho de campo e auxiliares para digitação e arquivamento de material. Estão previstas reuniões semanais de avaliação entre a equipe de campo e os supervisores e coordenadores do estudo. Todos os dados serão avaliados pelo software Stata análises descritivas (frequências absolutas e relativas); univariada (teste Qui-quadrado para variáveis categóricas nominais e Qui-quadrado de tendência linear para variáveis ordinais) e multivariável(adoção de modelos hierárquicos onde as variáveis independentes foram ordenadas em blocos que determinarão a entrada das mesmas na análise estatística. Estes modelos devem descrever a relação hierárquica existente entre os possíveis fatores de risco aos desfechos estudados.

Objetivo Geral

2. Objetivos

2.1 Objetivo Geral
O objetivo geral do presente estudo será avaliar as condições de saúde bucal de todas as gestantes da cidade de Pelotas, parturientes no ano de 2015, cujos filhos serão participantesda Coorte de nascimentos de 2015, assim como acompanhar seus filhos até os 48 meses de idade, a fim de avaliar o impacto das condições de saúde das mães nas condições de saúde das crianças ao nascimento e na primeira infância.

2.2 Objetivos específicos
- Avaliar as doenças cárie e periodontal em todas as mulheres grávidas;
- Avaliar o impacto das condições de saúde bucal da mãe sobre os resultados adversos da gravidez;
- Identificar a relação entre a saúde bucal da mãe e a saúde bucal do filho aos 48 meses de idade;
- Avaliar o uso de serviços de saúde bucal e as informações recebidas em relação à prevenção da saúde bucal durante a gravidez e seu impacto na saúde bucal de mães e crianças em 48 meses de idade;
- Avaliar o impacto do crescimento das crianças na primeira infância no desenvolvimento de cárie e ocorrência de defeitos de esmalte;
- Avaliar o impacto da dieta nas primeiras 48 meses na prevalência e gravidade de cárie aos 4 anos de idade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRA RUBIN COCCO210/04/201531/12/2019
ANDREIA DRAWANZ HARTWIG410/04/201531/12/2019
CAMILA PERELLÓ FERRÚA210/04/201531/12/2019
CATARINA BORGES DA FONSECA CUMERLATO210/04/201531/12/2019
DENISE PAIVA DA ROSA210/04/201531/12/2019
DIOGO ARAUJO DA CONCEIÇÃO210/04/201531/12/2019
ETHIELI RODRIGUES DA SILVEIRA410/04/201531/12/2019
FELIPE MARTINS SILVEIRA210/04/201531/12/2019
FRANCINE DOS SANTOS COSTA410/04/201531/12/2019
GIULIA TARQUINIO DEMARCO210/04/201531/12/2019
GUSTAVO GIACOMELLI NASCIMENTO210/04/201531/12/2019
IVAM FREIRE DA SILVA JÚNIOR210/04/201531/12/2019
KAIO HEIDE SAMPAIO NÓBREGA210/04/201531/12/2019
KAIO HEIDE SAMPAIO NÓBREGA1201/08/201831/07/2019
KARINE DUARTE DA SILVA210/04/201531/12/2019
LARISSA TAVARES HENZEL1201/08/201831/07/2020
LUISA JARDIM CORRÊA DE OLIVEIRA410/04/201531/12/2019
LUIZ ALEXANDRE CHISINI210/04/201531/12/2019
LUIZA HELENA SILVA DE ALMEIDA210/04/201531/12/2019
MARCIA TORRES GASTAL210/04/201531/12/2019
MARCOS BRITTO CORREA210/04/201531/12/2019
MARIANA GONZALEZ CADEMARTORI410/04/201531/12/2019
MARILIA LEAO GOETTEMS210/04/201531/12/2019
MARINA SOUSA AZEVEDO210/04/201531/12/2019
MIGUEL KONRADT MASCARENHAS210/04/201531/12/2019
MIGUEL KONRADT MASCARENHAS1201/08/201730/04/2018
MORGANA FAVETTI ALVES210/04/201531/12/2019
PAULA GOVEIA CORREA1201/05/201831/07/2018
RODRIGO MOREIRA DARLEY1201/08/201731/07/2018
SANDRA BEATRIZ CHAVES TARQUINIO210/04/201531/12/2019
TAMIRES TIMM MASKE210/04/201531/12/2019
TANIELLEY VIEIRA MACHADO1201/08/201631/07/2017
YORRANA MARTINS CORRÊA1201/08/201831/07/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 90.000,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 50.000,00

Página gerada em 23/07/2021 15:08:01 (consulta levou 0.138979s)