Nome do Projeto
Isolamento e identificação de fungos anemófilos em diferentes laboratórios de pesquisa da Universidade Federal de Pelotas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/04/2015 - 30/10/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
O conhecimento sobre a qualidade do ar é um fator preponderante para a saúde humana, estando esta relacionada, em grande parte, com a presença, a quantidade e a qualidade da diversidade fúngica presente no ambiente. O ar atmosférico torna-se, via de regra, o meio de dispersão mais utilizado e mais bem sucedido para os fungos. Com isso, fragmentos de micélio vegetativo tornam-se porções viáveis destes organismos durante o processo de disseminação aérea. Os fungos que possuem dispersão aérea são denominados anemófilos, possuindo a capacidade de colonizar diferentes substratos e habitats de forma singular e muito eficiente. A necessidade de expansão no conhecimento sobre isolamento e identificação de fungos anemófilos, o crescente interesse por microrganismos alergênicos e a procura de novos indicadores ambientais, vem despertando interesse no estudo destes fungos, já que a frequência e a diversidade dos mesmos pode estar associada à poluição ambiental, sendo, portanto, considerados bons indicadores ambientais tanto em locais fechados quanto abertos. o presente projeto propõe isolar e identificar a microbiota fúngica presente em diferentes laboratórios microbiológicos de pesquisa da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) durante o período de um ano abrangendo quatro estações diferentes. O estudo será desenvolvido junto ao Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Micologia Veterinária da Universidade Federal de Pelotas em conjunto com diferentes Laboratórios de pesquisa da referida universidade. A presença de fungos anemófilos em laboratórios de pesquisa pode causar grandes problemas econômicos, de qualidade diagnóstica e relacionados a pesquisa, podendo também causar prejuízo à saúde das pessoas que trabalham no local. Justifica-se o estudo uma vez que inexistem pesquisas semelhantes na Instituição que será avaliada. Ainda, os resultados da presente pesquisa serão utilizados de forma a propor medidas para um adequado controle ambiental, fazendo uso das normas de biossegurança, assegurando boas condições higiênico-sanitárias no intuito de melhorar as práticas laboratoriais da Instituição pesquisada, assim como preservar a saúdes dos alunos, professores e servidores que frequentam estes locais.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Isolar e identificar a microbiota fúngica presente em diferentes laboratórios de pesquisa da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) durante o período de um ano abrangendo quatro estações diferentes.

Objetivos específicos
- Isolar e identificar fungos leveduriformes em ambientes laboratoriais.
- Isolar e identificar fungos filamentosos anemófilos em ambientes laboratoriais.
- Analisar a influência da sazonalidade na presença e crescimento fúngico em diferentes ambientes laboratoriais.
- Propor medidas de controle e desinfecção a partir das cepas isoladas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA RAQUEL MANO MEINERZ130/04/201530/10/2017
ANGELITA DOS REIS GOMES130/04/201530/10/2017
BRUNA DANIELA DOS SANTOS VALLE130/04/201530/10/2017
CAROLINE LUNKES DOS SANTOS130/04/201530/10/2017
CRISTIANO SILVA DA ROSA130/04/201530/10/2017
EMANOELE FIGUEIREDO SERRA130/04/201530/10/2017
FABIANE DE HOLLEBEN CAMOZZATO FADRIQUE130/04/201530/10/2017
JOSIARA FURTADO MENDES REDÜ130/04/201530/10/2017
LUIZA DA GAMA OSORIO130/04/201530/10/2017
MARIO CARLOS ARAUJO MEIRELES130/04/201530/10/2017
MARLETE BRUM CLEFF130/04/201530/10/2017
MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL130/04/201530/10/2017
OTAVIA DE ALMEIDA MARTINS130/04/201530/10/2017
PATRICIA DA SILVA NASCENTE130/04/201530/10/2017
RENATA NOBRE DA FONSECA130/04/201530/10/2017
STEFANIE BRESSAN WALLER130/04/201530/10/2017
TÁBATA PEREIRA DIAS130/04/201530/10/2017
VITTÓRIA BASSI DAS NEVES130/04/201530/10/2017
ÂNGELA LEITZKE CABANA130/04/201530/10/2017

Página gerada em 18/07/2019 14:33:41 (consulta levou 0.069570s)