Nome do Projeto
Epidemiologia do tabagismo na zona rural de Pelotas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
20/10/2015 - 28/02/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
Este projeto foi elaborado com o objetivo de estimar a prevalência de tabagismo e fatores associados na população adulta (18 anos ou mais) residente nos oito distritos que compõem a zona rural de Pelotas, RS. O trabalho está aninhado ao consórcio de Mestrado da turma 2015/2016, o qual engloba trabalhos de pesquisa de 10 Mestrandos do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas. Serão coletados dados de uma amostra representativa da população de adultos da zona rural, selecionada de forma aleatória. De acordo com o mesmo critério de classificação que vem sendo utilizado em consórcios e pesquisas anteriores realizadas em Pelotas, serão considerados tabagistas os indivíduos que fumarem um ou mais cigarros por dia há pelo menos um mês (considerando o momento da coleta de dados). Pretende-se analisar a ocorrência de associação entre tabagismo e características socioeconômicas e demográficas, comportamentais e relacionados à saúde, quais sejam: nível socioeconômico, escolaridade, tipo de cultivo (fumicultor / não fumicultor), sexo, idade, cor da pele, situação conjugal, prática de atividade física, consumo abusivo de álcool, depressão, qualidade do sono, auto-percepção de saúde e morbidades auto-referidas. Além disso, pretende-se investigar o grau de dependência de nicotina, utilizando o Teste de Dependência de Nicotina de Fagerstrom, os produtos do tabaco mais utilizados, a idade de início e cessação do tabagismo (se exfumante) e o número de cigarros fumados por dia, a fim de se estimar a intensidade do vício, também chamada de carga tabágica ou “pack years”. Os dados serão coletados por entrevistadoras devidamente treinadas e padronizadas. Estima-se que a coleta de dados iniciará no mês de janeiro de 2016 e terá duração de aproximadamente quatro meses. Após o trabalho de campo, os dados serão analisados e será elaborado um artigo científico a ser apresentado no final do ano de 2016 na ocasião da defesa dessa dissertação de Mestrado.

Objetivo Geral

Objetivo Geral

Estimar a prevalência e fatores associados ao tabagismo em adultos da zona rural de Pelotas, RS.
Objetivos Específicos

Na população de adultos da zona rural de Pelotas, RS, pretende-se: ● Descrever a prevalência de fumantes atuais ● Determinar a idade do início do tabagismo, duração do consumo e a intensidade do consumo de cigarros em fumantes atuais. ● Investigar o produto do tabaco mais utilizado (cigarro industrializado com filtro ou sem filtro, cigarro de palha ou de papel enrolados à mão ou outros). ● Medir o grau de dependência de nicotina entre indivíduos tabagistas ● Analisar a distribuição de tabagismo de acordo com as seguintes características: ● socioeconômicas e demográficas: nível socioeconômico, escolaridade, tipo de cultivo (fumicultor / não fumicultor), sexo, idade, cor da pele, situação conjugal. ● comportamentais: atividade física e consumo de álcool. ● relacionadas à saúde: auto-percepção de saúde, depressão, qualidade do sono e morbidade crônica auto-referida (diabetes, hipertensão arterial, hipercolesterolemia, doenças cardiovasculares, asma, DPOC e câncer).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BIANCA DEL PONTE DA SILVA120/10/201528/02/2017
MARIANA OTERO XAVIER420/10/201528/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 74.000,00

Página gerada em 22/09/2020 15:03:42 (atualização a cada 15 minutos)