Nome do Projeto
Uso de técnicas moleculares para auxílio na delimitação de espécies crípticas de morcegos do gênero Carollia (Chiroptera: Phyllostomidae)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
27/09/2015 - 26/10/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Biologia Geral
Resumo
O conceito biológico de espécie críptica é entendido como um grupo de espécies que são morfologicamente idênticas, isoladas reprodutivamente e muito frequentemente simpátricas. Carollia brevicauda e Carollia perspicillata (Ordem Chiroptera, Família Phyllostomidae) são espécies irmãs conhecidas por pertencer a um complexo de cinco espécies crípticas, ou complexo brevicauda, na região da Amazônia. Aparentemente, a Amazônia é o local onde ocorreu a diversificação recente deste complexo de espécies. A delimitação específica entre estas duas espécies por meio de caracteres morfológicos é bastante difícil quando é analisado indivíduos presentes em região de distribuição simpátrica, visto que estes são morfologicamente bastante similares. Devido o desafio que tem sido distinguir corretamente C. brevicauda e C. perspicillata, este projeto tem como objetivo geral determinar diferenças genéticas que venham a auxiliar na delimitação destas espécies crípticas de morcego. O trabalho será realizado utilizando análises moleculares de amostras de tecidos de 53 indivíduos previamente coletados no estado do Pará, Amazônia e Maranhão, depositados no Museu Paraense Emílio Goeldi. O DNA total será extraído utilizando kit de extração comercial. As amplificações serão realizadas por Reação em Cadeia da Polimerase utilizando primers específicos que amplificam fragmento dos genes mitocondriais citocromo oxidase subunidade I e citocromo B. Para a análise de delimitação de espécies, serão seguidas três tipos de metodologias: O método de DNA Barcorde, para analisar as distâncias genéticas entre as espécies; O método Automated Barcode Gap Discovery, para identificar o “barcode gap” que delimita os valores máximos de divergência genética que separam potencialmente as espécies; e o método denominado “Regra das 4X”, que determina que a distância genética entre as espécies ser deve ser quatro vezes maior que a sua diversidade nucleotídica. Baseado nessas informações, identificaremos quais os valores de divergência genética poderá ser considerada como delimitante das duas espécies em questão.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
Este projeto tem como objetivo geral determinar as diferenças genéticas que auxiliem na delimitação de espécies crípticas de morcegos, Carollia perspicillata e Carollia brevicauda.
Objetivos específicos:
- Testar a eficiência da técnica de DNA Barcode para delimitar as espécies;
- Delimitar geneticamente as espécies pela “Regra de 4x”;
- Identificar o valor de barcode gap que delimita as divergências intraespecíficas e interespecíficas de duas espécies do gênero Carollia.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
Leonardo Carreira Trevelin127/09/201526/07/2016
TUANE LETÍCIA CARVALHO2027/09/201526/07/2016

Página dinâmica gerada em 0.103460s.