Nome do Projeto
O USO DO TERRITÓRIO PELOS EMPREENDIMENTO DE TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO NO RIO GRANDE DO SUL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
16/08/2016 - 16/08/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Geografia
Resumo
O processo dialético entre humanidade e natureza, mediado pela economia capitalista, tem moldado nossa materialidade, construindo um mundo cheio de desigualdades que dificultam, cada vez mais, a inserção de grupos, países, municípios, estados. Neste novo momento da economia capitalista, mais do que nunca, urge esta necessidade de analisar o Brasil, para entender como o país vem sendo usado pelos atores hegemônicos e como o território está sendo preenchido pelos objetos técnicos, desvelando a existência ou não de diferentes densidades técnicas. Isso porque os territórios, ao penetrarem na economia global, cada vez mais precisam estar invadidos de tecnologia e informação para poderem competir, ou dito de outra forma, para os atores que os comandam poderem competir. Assim, paulatinamente, o território vai sendo constituído de objetos e de ações, dando a ele novos conteúdos, ou talvez velhos conteúdos com novos arranjos. O entendimento deste processo complexo passa por analisar vários aspectos da economia, pois sua estruturação revela os territórios privilegiados pelo capital e a produção de desigualdades. A apreensão científica desse processo não é tarefa fácil; as estratégias metodológicas são limitadas para apreender a complexidade desta dinâmica. O caminho escolhido aqui é do estudo das atividades econômicas que envolvem as tecnologias da informação comunicação-TICS, hoje consideradas como serviços. Assim, busca-se analisar como os postos de serviços estão distribuídos no território gaúcho e as razões para essa localização, ao mesmo tempo em que se investigam as consequências da distribuição territorial encontrada. O caminho metodológico para abordar as questões aqui levantadas não é simples. A investigação da esfera econômica é envolta de um grande silêncio, talvez de grande segredo. Desta forma a opção adotada é o trabalho com dados quantitativos das bases da RAIS-TEM, a partir dos vínculos ativos e com dados qualitativos na forma de entrevistas com profissionais das TICS, sindicatos e empresas buscando uma triangulação de dados.

Objetivo Geral

Geral
Analisar os fatores que influenciam na localização dos postos de trabalho em serviços de tecnologias da informação e comunicação-TICS no Estado do Rio Grande do Sul.
Específicos
Mapear a localização dos postos de trabalho em TICS geral e por tipos de ocupações.
Traçar o perfil dos profissionais em TICS no RS e nos municípios com maior destaque em postos de trabalho, geral e por ocupações, segundo sexo, escolaridade, renda e idade.
Comparar os perfis nos postos de trabalho entre os municípios com maior destaque em postos de trabalho em TICS.
Identificar os fatores responsáveis pela localização dos postos de trabalho em TICS segundo percepção das empresas e profissionais de TICS.
Identificar as consequências da localização dos postos de trabalho em TICS para os municípios segundo as empresas e profissionais de TICS.
Discutir o conceito de serviços e sua relação com a indústria.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEX SANDRO AMARAL PEREIRA816/08/201616/08/2018
ANDRESSA HENRIQUE TEIXEIRA1201/11/201631/05/2017
GILCIANE JANSEN RECONDO1201/08/201731/07/2018
GILCIANE JANSEN RECONDO1201/06/201731/07/2017
JOSE ALVARO QUINCOZES MARTINS418/08/201415/08/2016
KETHELYN GIULIAN PEDEBOS OLIVEIRA1201/08/201530/09/2016
MARA LUCIA VASCONCELOS DA COSTA418/08/201415/08/2016
MARISA HELENA GONSALVES DE MOURA416/08/201616/08/2018
NELI SCHERDIEN CRUZ416/08/201616/08/2018
SIDNEY GONÇALVES VIEIRA418/08/201415/08/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 130.980,00
CNPqR$ 14.000,00

Página gerada em 08/12/2019 19:25:12 (consulta levou 0.075943s)