Nome do Projeto
Análise taxonômica e molecular de Drosophilidae (Díptera) em ambiente de Mata Atlântica e no bioma Pampa
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/07/2016 - 30/06/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas - Biologia Geral
Resumo
Espécies de Drosophilidae de origem neotropical ou de outras origens vem sendo amostradas pelo nosso grupo de pesquisa, já há alguns anos. As atividades de coleta rotineiras realizadas propiciaram “achados” que são muito importantes, não só pelo registro da riqueza da fauna de invertebrados, mas também para estudos evolutivos que englobam a construção de filogenias de espécies, grupos de espécies (muitas delas endêmicas), subgêneros e da Família Drosophilidae através de diferentes marcadores. O enfoque principal dos estudos é determinar os padrões de distribuição da variabilidade genética, contextualizando-a evolutivamente, de forma a compreender os padrões de especiação nos diferentes grupos biológicos estudados. Neste contexto, o foco do presente projeto é comparar a diversidade de Drosophilidae entre os biomas Mata Atlântica e Pampa, analisando aspectos ecológicos, biológicos e genéticos da adaptabilidade de espécies a esses biomas, empregando marcadores genéticos, moleculares e cromossômicos.

Objetivo Geral

O objetivo principal desse projeto é a análise da distribuição da biodiversidade de drosofilídeos nos biomas sulinos, de modo a caracterizar a diversidade das assembléias estudadas por meio de medidas de diversidade, dinâmica das populações quanto a variações sazonais, anuais e de nicho, e marcadores moleculares. Para isto, espécies serão coletadas em diferentes localidades da região Sul do Brasil e analisadas morfologicamente e por meio de ferramentas moleculares, com enfoques filogenéticos e filogeográficos.
Serão utilizados múltiplos métodos para o estudo comparativo de espécies próximas, como aspectos morfológicos para classificação taxonômica, além de análises moleculares, DNA barcoding, sistemática molecular, bem como aspectos comportamentais. Estas abordagens, aliadas a informações ecológicas e geográficas sobre as espécies estudadas, proporcionarão um avanço substancial no estudo da diversidade de Drosophilidae no Bioma Sul.
Considerando a diversidade da Família Drosophilidae (Díptera) e a presença de dois biomas distintos no Rio Grande do Sul (Bioma Pampa e Mata Atlântica), ainda pouco estudados, trabalhos como este proposto tornam-se cada vez mais importantes. Além disso, dados da estruturação de comunidades de Drosophilidae são adequados para uso em estudos de avaliação de impacto e de efeitos de fragmentação ou modificação ambiental, pois, além de ser uma família bastante numerosa, com densidades populacionais relativamente elevadas, também apresenta grande diversidade, em termos de espécies, de nichos e de habitats.

Objetivos específicos:
1) Verificar a diversidade de Drosophilidae em diferentes pontos de coleta de dois ambientes distintos (Mata Atlântica e Pampa).
2) Analisar e comparar a riqueza e abundância de drosofilídeos nesses ambientes.
3) Analisar cromossômicamente e molecularmente as espécies comuns aos dois ambientes com marcadores nucleares e mitocondriais.
4) Estabelecer padrões filogenéticos e filogeográficos baseados em marcadores nucleares e mitocondriais.
5) Utilizar os dados gerados e já disponíveis na literatura para elaboração de um mapa de distribuição potencial de algumas espécies de interesse através de análises de modelagem de nicho.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINA PREDIGER2001/07/201631/12/2017
DANIELE DA SILVA DE SOUZA2001/07/201631/12/2017
DANIELE DA SILVA DE SOUZA1201/08/201631/07/2017
JOÃO HENRIQUE FIGUEREDO DE OLIVEIRA2001/07/201631/12/2017
NATHALIA PEREIRA DIAS2001/07/201631/12/2017

Página gerada em 19/09/2021 07:58:57 (consulta levou 0.040065s)