Nome do Projeto
A realidade dos trabalhadores do comércio pelotense na perspectiva da relação entre lazer, qualidade de vida e trabalho¬¬¬
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/05/2016 - 30/06/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Turismo
Resumo
O lazer é visto por uma grande parte das pessoas como um mero passatempo, o que não os permite perceber o quanto o lazer interfere diretamente nas relações familiares, políticas, religiosas, e até mesmo nas relações de trabalho. O tempo livre, fenômeno considerado por Bacal (2003), como complementar e justificado ao tempo de trabalho, é o período no qual os trabalhadores desfrutam do lazer, (ou deveriam) e por exigências da evolução humana, a qualidade de vida se torna cada vez mais presente nos momentos de lazer. Pelotas como polo comercial é referência no sul do Brasil. Possui cerca de 7.507 estabelecimentos, incluindo lojas, agências bancárias, seguradoras, casas de câmbio e empresas de transporte, que ocupam, aproximadamente, 60% da população economicamente ativa. (PREFEITURA MUNICIPAL, 2015). Esses trabalhadores do comércio desempenham uma expressiva carga horária de trabalho semanal, a qual não lhes permite mais do que um dia para descanso. Tendo em vista a relação direta entre o período de não trabalho e a qualidade de vida, o ponto de partida desse projeto de pesquisa situa-se na compreensão da importância atribuída ao lazer pelos trabalhadores do comércio, tendo como objeto de estudo estabelecimentos do comércio do município de Pelotas. A abordagem metodológica da pesquisa será do tipo quali-quantitativa, cuja coleta de dados se dará através do método de pesquisa direta, com pesquisa de campo realizada através da observação e da aplicação de questionários com perguntas fechadas e abertas. Os questionários serão aplicados junto aos trabalhadores do comércio de Pelotas com idade acima de 18 anos. A amostra a ser aplicada, no que toca à escolha dos sujeitos da pesquisa, será do tipo não probabilística por conveniência ou ocasional. Aplica-se este tipo de amostragem em estudos em que não é requerido elevado nível de precisão. Com relação à definição numérica da pesquisa, ela se fará com base na expectativa de 3 estabelecimentos de comércio de grande porte com uma média de 200 funcionários. A coleta de dados irá abranger o total de questionários a serem aplicados será de 17% da amostra de funcionários, totalizando 102 questionários divididos igualmente. Esta pesquisa pretende auxiliar o entendimento da importância deste fenômeno que é o lazer, como provedor do bem-estar e, também, de contribuir para a ampliação do debate sobre a melhoria na qualidade de vida e satisfação dos trabalhadores, tanto no seu local de trabalho quanto em seu tempo livre.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
Analisar a relação entre lazer e qualidade de vida e sua importância na perspectiva dos trabalhadores do comércio do cidade de Pelotas.

Objetivos específicos:
1. Analisar a composição do tempo livre e do lazer dos comerciários;
2. Identificar a influência do lazer na qualidade de vida dos trabalhadores;
3. Verificar se os trabalhadores do comércio demandam maior tempo livre;
4. Compreender a importância do lazer para os trabalhadores do comércio.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FERNANDA SOUZA FREITAS1230/05/201630/06/2017
IGOR MORAES RODRIGUES224/08/201630/12/2016
MANUELA HARTER BIERHALS830/05/201630/06/2017
PRISCILLA TEIXEIRA DA SILVA230/05/201630/06/2017
SARAH MARRONI MINASI430/05/201630/06/2017

Página gerada em 21/09/2021 08:04:56 (consulta levou 0.045476s)