Nome do Projeto
Determinantes da obesidade, doenças crônicas, saúde mental e capital humano ao longo do ciclo vital: Acompanhamento dos 22-23 anos da coorte de nascimentos de 1993, Pelotas, RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
13/03/2016 - 31/12/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
As crianças que nasceram nas maternidades da cidade de Pelotas, RS, em 1993 vêm sendo acompanhadas periodicamente. A partir de outubro de 2015 pretende-se realizar mais um acompanhamento com o objetivo de investigar a influência de exposições precoces (já coletadas) e atuais sobre a composição corporal, precursores de doenças crônicas complexas, saúde mental e capital humano, no início da vida adulta. Os membros desta coorte, agora com 22-23 anos serão entrevistados na clínica situada junto ao Centro de Pesquisas Dr. Amílcar Gigante, da UFPel e farão avaliações e exames. Responderão a questionários aplicados por entrevistadores treinados, para coleta de informações sobre dados demográficos, socioeconômicos, de alimentação, atividade física, hábitos de vida, eventos estressores e aspectos relacionados à saúde. Além disso, realizarão exames e avaliações como coleta de sangue, aferição de pressão arterial, espirometria, avaliação do tônus vascular e da força muscular, avaliação da composição corporal, scanner corporal para avaliação da forma, comprimentos e circunferências corporais e antropometria. Psicólogos treinados aplicarão instrumentos para avaliação da saúde mental e quociente de inteligência. Por fim, responderão a um questionário confidencial (questões relacionadas a sexo, drogas ilícitas, comportamentos de agressividade e violência, fumo, álcool, contracepção, gravidez e aborto), auto-aplicado e sigiloso. Uma inovação desta proposta é que iniciaremos o acompanhamento dos filhos dos nascidos em 1993. Estudar características dos filhos dos membros desta coorte permitirá identificar relações entre aspectos sociais e relacionados à saúde nas duas gerações.

Objetivo Geral

Avaliar e descrever as condições dos integrantes da coorte de nascimentos em Pelotas no ano de 1993, no ano em que completam 22-23 anos de idade, em relação à:
Situação socioeconômica, escolaridade, eventos estressores, emprego, composição familiar, uso de serviços de saúde, morbidades, atividade física, fumo, morbidade ocupacional, consumo alimentar, pressão arterial, uso de drogas ilícitas, uso de álcool, história reprodutiva, sexualidade, quociente de inteligência, saúde mental, marcadores biológicos, tônus vascular, força muscular e função pulmonar.
Situação antropométrica:
Peso, altura em pé, sentado e circunferência da cintura;
Composição corporal:
Massa magra, massa gorda e conteúdo mineral-ósseo.
Estudar os determinantes da composição corporal aos 22-23 anos de idade em relação à:
Determinantes precoces: peso ao nascer, idade gestacional, ganho de peso no primeiro e no segundo anos de vida, duração da amamentação, idade de introdução de alimentos sólidos, nível econômico ao nascer;
Determinantes atuais: padrões alimentares, atividade física, escolaridade dos pais e nível econômico.
Avaliar os determinantes da saúde mental e capital humano aos 22-23 anos em relação à:
Determinantes precoces: peso e idade gestacional ao nascer, duração da amamentação, nível econômico ao nascer, escolaridade dos pais, idade de ingresso em escola/creche, estimulação cognitiva, presença do pai nos primeiros dois anos de vida;
Determinantes atuais: QI e nível econômico.
Identificar as seguintes características dos filhos dos nascidos em 1993 em Pelotas, RS:
Condições ao nascimento; alimentação, quociente de inteligência, saúde mental, estado nutricional, composição corporal e morbidades;
Informações do pai ou mãe, não membro da coorte: cor da pele, escolaridade, morbidades, possuir outros filhos e estado civil atual.
Realizar análises intergeracionais relativas a condições sociais, de saúde, hábitos de vida e morbidades;
Fomentar o biorrepositório com material genético através da coleta de sangue e ou saliva para extração de DNA;
Armazenar material biológico para análise futura de varredura genômica do DNA para identificar:
Variantes genéticas marcadoras do crescimento corporal;
Interações entre marcadores genéticos e fatores ambientais e seus efeitos sobre o crescimento desde a infância até a vida adulta, em doenças crônicas frequentes e saúde mental;
Investigar futuramente outras variantes genéticas com associações definitivas com fenótipos intermediários

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CAROLINA VAZ BENET1201/08/201631/12/2016
BÁRBARA HIRSCHMANN ZARNOTT1201/08/201631/07/2017
EDUARDA SILBERT LUZZI1201/08/201631/01/2017
FERNANDO CESAR WEHRMEISTER113/03/201631/12/2017
GABRIELA ÁVILA MARQUES1201/08/201631/07/2017
HELEN DENISE GONCALVES DA SILVA113/03/201631/12/2017
ISABEL OLIVEIRA DE OLIVEIRA813/03/201631/12/2017
JESSICA DOS SANTOS RIOS1201/08/201631/07/2017
JOSEPH MURRAY413/03/201631/12/2017
LETICIA FAGUNDES RODRIGUES1201/08/201631/07/2017
LUCIANA TOVO RODRIGUES213/03/201631/12/2017
THAIRIZE FERREIRA PERAÇA1201/01/201731/07/2017
THAYS RAMOS FLORES1201/02/201731/07/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Ministério da SaudeR$ 1.077.300,00

Página gerada em 20/01/2021 14:35:44 (consulta levou 0.082667s)