Nome do Projeto
Prevalência de lesões bucais em indivíduos HIV positivos assistidos pela rede pública de Pelotas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
18/04/2016 - 17/04/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
A infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) ainda preocupa os órgãos de saúde, apesar da redução das taxas de mortalidade e morbidade associadas à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA). A cavidade bucal representa um sítio importante de ocorrência de lesões relacionadas à infecção pelo HIV, e pode favorecer desde o diagnóstico precoce da doença até o controle do efeito da terapia anti-retroviral. Diante disso, o objetivo deste projeto é determinar a prevalência de manifestações bucais em indivíduos HIV+, assistidos pela rede pública de Pelotas, correlacionando-a com a contagem de células CD4+ e a carga viral, bem como analisar aspectos sociodemográficos e hábitos diários dos indivíduos acometidos. Trata-se de um estudo transversal, com população-alvo constituída por pacientes HIV+atendidos em um serviço de atendimento especializado. Os atendimentos odontológicos ocorrerão na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas, e serão realizados por alunos de graduação e pós-graduação, previamente calibrados através do sistema in Lux. Será aplicado um questionário detalhado ao paciente, e preenchida uma ficha clínica odontológica, além de coletadas informações clínico-laboratoriais a partir da ficha médica. Os dados passarão por análise descritiva, visando a determinação das prevalências e seus respectivos intervalos de confiança. Além disso, serão feitas análises bivariadas para testar a associação das variáveis com os respectivos desfechos.

Objetivo Geral

Objetivo Geral: Determinar a prevalência de manifestações orais em indivíduos HIV+, assistidos pela rede pública de Pelotas, correlacionando-a com a contagem de células CD4+ e carga viral, bem como analisar aspectos sociodemográficos e hábitos diáriosdos indivíduos acometidos.

Objetivos Específicos:
• Avaliar os dados sociodemográficos da população em estudo;
• Determinar a prevalência de manifestações orais em indivíduos HIV+;
• Descrever as características clínicas dessasmanifestações;
• Conhecer os hábitos diários dessa população;
• Correlacionar as lesões orais com a contagem de células CD4+ e com a carga viral;
• Correlacionar a prevalência de lesões orais com os dados sociodemográficos e com os hábitos diários.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA ETGES118/04/201617/04/2020
ANA CAROLINA UCHOA VASCONCELOS118/04/201617/04/2020
ANA PAULA NEUTZLING GOMES118/04/201617/04/2020
FELIPE MARTINS SILVEIRA218/04/201628/02/2018
JUAN PABLO AITKEN SAAVEDRA218/04/201628/02/2018
KARINE DUARTE DA SILVA218/04/201628/02/2018
LAUREN FRENZEL SCHUCH818/04/201630/03/2018
STEPHANIE JOANA ROMAN MARTELLI218/04/201628/02/2018
SUSANE MULLER KLUG PASSOS118/04/201617/04/2020

Página gerada em 15/12/2019 03:37:21 (consulta levou 0.190905s)