Nome do Projeto
Análise da ação de dois compostos de tiazolidinonas sobre a evocação e aquisição da memória e seus efeitos ansiolíticos em camundongos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
26/09/2016 - 30/12/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Resumo
A memória é formada pela aquisição, a formação, a conservação e a evocação de informações ao longo de nossas vidas. Essas informações, com o passar do tempo, constituem o acervo de memórias, o qual nos identifica como indivíduos. A memória é uma das funções cognitivas mais complexas que a natureza produziu, e as evidências científicas sugerem que o aprendizado de novas informações e o seu armazenamento causam alterações estruturais no novo sistema nervoso. O cérebro é uma estrutura em permanente construção, assim como o são repertório comportamental e as memórias do indivíduo. Por sua vez, a ansiedade é um estado emocional que faz parte do espectro normal das experiências humanas e apresentam componentes psicológicos e fisiológicos. A ansiedade pode gerar alguns transtornos que incluem disfunções de memória, prejuízos fisiológicos e distúrbios psicológicos graves. Ainda existe o processo de envelhecimento e as disfunções cognitivas e doenças neurodegenerativas que o acompanham, como o Mal de Alzheimer que tem aumentado sua incidência com o crescimento da expectativa de vida. Os medicamentos disponíveis para o tratamento destas doenças tendem apenas a reduzir a neurodegeneração e não recuperar ou incrementar a função da memória ou as funções cognitivas já degeneradas. As tiazolidinonas são derivados carbonilados das tiazolidinas, os quais pertencem a um grupo de heterociclos (SINGH et al.,1981). As suas estruturas químicas apresentam-se formadas por um anel de cinco membros, contendo dois heteroátomos, um enxofre e um nitrogênio, e um grupo carbonila na posição quatro. As tiazolidinonas são substâncias que apresentam diversas atividades biológicas, incluindo atividade no sistema nervoso central (anticonvulsivantes, antidepressivo), efeito analgésico e também como agonista colinérgico (CUNHA & LIMA, 2009; CUNICO et al.,2008; MOURA E SILVA, 2009; SHIVA et al., 1981). Surgem assim como uma alternativa na busca de novos fármacos específicos para atenuar o déficit de memória e melhorar as funções cognitivas causadas tanto por doenças neurodegenerativas, como pela idade avançada. Esta classe de heterociclicos foi estudada como agonista do receptor muscarínico para o combate ao Mal de Alzheimer (CHANDRA et al., 2008). Dois compostos da classe das tiazolidinonas foram estudados no nosso grupo, por meio de testes sobre a evocação da memória e a ansiedade; esses compostos foram a AK13 e AK26 em doses baixas (0,1 mg/kg, 0,5 mg/kg e 1,0 mg/kg). Segundo Campesato

Objetivo Geral

O projeto tem como objetivo analisar e provar a eficiência de dois compostos químicos derivados de tiazolidinonas (AK 26 e AK 13) sobre a memória e a ansiedade em camundongos Mus musculos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
LAURA GIROLETTI BARRETO826/09/201621/12/2018
WILSON JOAO CUNICO FILHO226/09/201621/12/2018

Página gerada em 21/11/2019 17:08:52 (consulta levou 0.073894s)