Nome do Projeto
Características reprodutivas de galos alimentados com dietas com diferentes níveis de arroz integral sem casca em substituição ao milho e com adição de carotenoides
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
20/12/2016 - 22/12/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
O milho é um dos principais componentes energéticos utilizados na alimentação de aves, sendo que o Rio Grande do Sul é um grande importador deste insumo para ração animal. Por outro lado, o Rio Grande do Sul possui área plantada de arroz superior a um milhão de hectares e é responsável por mais de 60% de toda a produção nacional desse cereal, que pode ser utilizado na alimentação animal especialmente quando sua produção estiver em alta. As diferenças entre o perfil lipídico do milho e do arroz poderão promover alterações na composição lipídica da célula espermática, que por sua vez, poderão modificar a fluidez e permeabilidade da membrana, interferindo na habilidade do espermatozóide de fertilizar o ovo e de sobreviver ao processo de criopreservação. Os espermatozóides apresentam um grande conteúdo de ácidos graxos poliinsaturados, que são altamente suscetíveis à oxidação. A peroxidação lipídica produz danos na membrana espermática e também no metabolismo celular, comprometendo a capacidade de fertilização. O milho é uma fonte natural de pigmentos carotenóides, que possuem ação antioxidante. A cantaxantina é um carotenóide muito utilizado na alimentação de aves devido à sua pigmentação; quando adicionada a dieta de galos é capaz de promover melhorias na concentração, na motilidade e no vigor do espermatozóide. Na busca de alternativas de alimentação que sejam viáveis economicamente, que mantenham o desempenho reprodutivo das aves e que melhorem a congelabilidade do sêmen, este projeto tem por objetivo avaliar os efeitos da substituição do milho pelo arroz integral sem casca e a adição de cantaxantina na dieta de galos. Serão conduzidos três experimentos; o primeiro irá analisar os efeitos da substituição do milho por arroz integral sem casca na dieta de galos sobre a composição lipídica do espermatozóide, sobre a qualidade espermática e sobre a fertilidade, o segundo irá analisar os efeitos da adição de cantaxantina na dieta contendo arroz integral sem casca sobre a composição lipídica do espermatozóide, sobre a qualidade espermática e sobre a fertilidade e o terceiro irá verificar a congelabilidade do sêmen modificado através de dieta contendo arroz integral sem casca e cantaxantina. Nos três experimentos, serão feitas análises de sêmen (volume, concentração, motilidade, integridade de membrana e penetração espermática), testes de fertilidade e análise dos lipídios do sêmen, além do acompanhamento do peso corporal e da ingestão alimentar.

Objetivo Geral

Objetivo Geral

Avaliar os efeitos da substituição do milho por arroz integral sem casca e a adição de carotenóides na dieta sobre o perfil lipídico do espermatozóide, sobre a fertilidade e sobre a criopreservação do sêmen de galos.

Objetivos Específicos
1) Avaliar a viabilidade do uso de arroz integral sem casca com adição de carotenóides, como alimento alternativo, em substituição ao milho na dieta de galos;
2) Verificar se a dieta com arroz integral e carotenóides interfere no consumo da ração e no peso corporal das aves,
3) Verificar se ocorrem modificações na composição lipídica do sêmen de galos com a substituição de milho por arroz integral e com adição de carotenóides na ração e
4) Verificar se as dietas promovem alteração na qualidade do ejaculado, na fertilidade e na congelabilidade do sêmen.

Metas
1) Validar o uso do arroz integral sem casca e com carotenóides como alimento alternativo para galos;
2) Obter incremento na fertilidade dos machos e na criopreservação do sêmen após modificação do conteúdo lipídico do espermatozóide através de dietas contendo arroz integral sem casca e carotenóides,
3) Consolidar parcerias entre as instituições de pesquisa envolvidas no projeto e
4) Formar recursos humanos para pesquisa, através do treinamento de alunos de graduação e de pós-graduação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMAURI TELLES TAVARES220/12/201622/12/2017
CAMILA TONINI406/01/201430/08/2015
CAROLINA OREQUES DE OLIVEIRA220/12/201622/12/2017
MATEUS JUNIOR FLACH1201/08/201431/07/2015
RUDOLF BRAND SCHEIBLER206/01/201406/01/2015
TAMIRIS BARBOSA BECK2006/01/201419/12/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 25.000,00

Página gerada em 06/08/2020 21:27:45 (consulta levou 0.074416s)