Nome do Projeto
Inventariamento de imaturos de Culicidae associados a macrófitas em criadouros urbanos e rurais, no sul do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
29/05/2017 - 28/02/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Resumo
Esta pesquisa torna-se necessária para que conheçamos as características abióticas dos criadouros habitados pelas espécies inventariadas de Culicidae, principalmente Mansoniini, e desta forma, obtermos dados sobre os fatores determinantes no ciclo de vida das espécies de Mansonia e Coquillettidia. Com isto, será possível disponibilizar dados que sirvam de base às estratégias de controle sobre suas formas imaturas. Cabe destacar a importância na redução das populações de Mansoniini, haja vista que as fêmeas adultas apresentam competência vetorial de diversas arboviroses e possuem associação aos ambientes antropizados causando incômodo às populações humanas em virtude do seu hábito hematofágico voraz. O objetivo será inventariar imaturos de Culicidae (Diptera) associados a macrófitas em criadouros urbanos e rurais, no sul do Rio Grande do Sul. O trabalho será realizado no período de maio de 2017 a fevereiro de 2019 e as coletas e as coletas uma vez por mês durante um ano. Os pontos serão determinados onde houver bancos de macrófitas com incidência direta de luz solar. Em laboratório, as macrófitas serão agitadas sobre bandejas plásticas contendo água para que ocorra o desprendimento de larvas e pupas, caso estejam presentes. Larvas e pupas serão lavadas e após, transferidas para recipiente contendo água quente, antes da ebulição, para serem sacrificadas. Lâminas serão confeccionadas para posterior identificação das formas imaturas. A identificação das espécies será realizada a partir das chaves dicotômicas, consagradas na área. Espera-se constataras espécies de Culicidae e as variações nos fatores físico-químicos de criadouros urbanos e rurais que possam influenciar no ciclo de vida e desenvolvimento desdestes mosquitos, especialmente da tribo Mansoniini. Desta forma reconhecendo como atuam estes fatores, é possível mensurar a densidade populacional e a distribuição destes culicídeos no decorrer das estações. Não obstante, a biologia e ecologia das espécies desta tribo necessitam ser melhor estudadas em decorrência da escassa literatura e a dificuldade de controle e da ausência completa de dados sobre a criação e manutenção de colônias em condições controladas de laboratório, situações impeditivas para a implementação de um manejo adequado de controle.

Objetivo Geral

Objetivo geral

Inventariar imaturos de Culicidae (Diptera) associados a macrófitas em criadouros urbanos e rurais, no sul do Rio Grande do Sul.


Objetivos específicos

Identificar as espécies imaturas de Culicidae associados a macrófitas, presentes em canais urbanos e rurais;
Mensurar nos criadouros aquáticos as variáveis de temperatura, pH, condutividade elétrica, em criadouros potenciais de Culicidae, especialmente Mansoniini;
Verificar se há correlação entre as variáveis físico-químicas dos criadouros à abundância das espécies de Culicidae;
Correlacionar as variáveis físico-químicas dos criadouros aquáticos, às variáveis climáticas (temperatura, pluviosidade) à riqueza/abundância das espécies de Culicidae.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAMILA BELMONTE OLIVEIRA129/05/201728/02/2019
FRANCIELLY FELCHICHER229/05/201728/02/2019
GERTRUD MULLER ANTUNES129/05/201728/02/2019
ISADORA MOREIRA DA LUZ REAL1029/05/201728/02/2019
JOSIANE ROSA DE VARGAS2029/05/201728/02/2019
PAULINO SIQUEIRA RIBEIRO129/05/201728/02/2019

Página gerada em 19/10/2019 00:27:06 (consulta levou 0.082864s)