Nome do Projeto
Microalgas e Macroalgas: Avaliação da capacidade de biorremediação e desenvolvimento de métodos para a determinação de metais, metaloides e não-metais
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/09/2017 - 31/08/2021
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Química
Resumo
As microalgas e macroalgas apresentam um grande potencial na geração de produtos de amplo interesse comercial e são, principalmente, utilizadas nas indústrias alimentícias, farmacêuticas e na agricultura. No entanto, os estudos direcionados às aplicações biotecnológicas e bioprocessos das microalgas e macroalgas são considerados escassos no Brasil. Os processos de biorremediação vêm se tornando uma forma efetiva para o tratamento e a remoção de contaminantes de natureza inorgânica e orgânica. O uso das algas na recuperação de sistemas, contendo principalmente espécies metálicas, tem se mostrado bastante eficiente na remoção dos contaminantes apresentando baixo custo de operação. No entanto, é necessário conhecer o comportamento particular, as características do sistema aquático e da interação contaminante-alga para avaliar a eficácia do seu uso como ferramenta na recuperação do ecossistema. No processo de biorremediação é importante avaliar a eficiência da remoção da(s) espécie(s) metálica(s), assim como recuperar o contaminante de forma economicamente viável e sem danos ao meio ambiente. Neste contexto, as microalgas e macroalgas vêm sendo amplamente estudadas devido à sua capacidade biorremediadora. Desta forma, o presente projeto visa a avaliação da capacidade de biorremediação de microalgas, e o desenvolvimento de métodos de preparo de amostras para a determinação de metais, metaloides e não-metais, assim como outros contaminantes em microalgas usadas nos processos de biorremediação, e macroalgas utilizadas como bioindicadores de poluição ambiental.

Objetivo Geral

Este trabalho tem por objetivo, verificar a potencialidade biorremediadora das microalgas na remoção de alguns compostos de interesse ambiental nos meios de cultivo. Além disso, a proposta também tem por objetivo desenvolver e avaliar diferentes procedimentos de preparo de amostras para a determinação de metais, metaloides e não-metais macroalgas locais de referência da Antártica, empregadas como bioindicadores da poluição atmosférica. As determinações serão realizadas por técnicas espectrométricas e cromatográficas, dependendo da adequabilidade ao problema.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CLAUDIO MARTIN PEREIRA DE PEREIRA101/09/201731/08/2021
DIOGO LA ROSA NOVO1001/09/201731/08/2021
EMILLY FIUZA RODRIGUES1201/08/201831/07/2019
FILIPE SOARES RONDAN1001/09/201731/08/2021
GILBERTO DA SILVA COELHO JUNIOR1001/09/201731/08/2021
JANAÍNA DO ROSÁRIO BRUM601/09/201731/08/2021
JULIA EISENHARDT DE MELLO1001/09/201731/08/2021
NATÁLIA JORGE BIELEMANN601/09/201731/08/2021
RODRIGO MENDES PEREIRA1001/09/201731/08/2021
VANIZE CALDEIRA DA COSTA1001/09/201731/08/2021

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 50.000,00
PROAPR$ 2.950,00

Página gerada em 20/10/2019 06:14:10 (consulta levou 0.125526s)