Nome do Projeto
Uso de indicadores de sustentabilidade para avaliação do processo de transição agroecológica em pequenas propriedades leiteiras
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
24/05/2017 - 31/12/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Biologia Geral
Resumo
Nesse contexto, as práticas agroecológicas apresentam possibilidade de sustentabilidade, por dispor de bases tecnocientíficas e estratégias para o desenvolvimento rural, bem como apresentam resposta socioambiental aos problemas gerados pela agricultura altamente tecnologizada. O manejo sustentável de solos, a conservação de recursos naturais, a valorização dos saberes locais e a independência dos pequenos agricultores para comercializar seus produtos sem atravessadores são práticas agroecológicas que favorecem a permanência das famílias no campo (SANTOS et al., 2014). Segundo Santos et al. (2014), uma agricultura sustentável produz de forma estável e eficiente, utilizando práticas de manejo que conservam e recuperam os recursos naturais e obtendo segurança e autossuficiência alimentar. No entanto, a sustentabilidade vai além do manejo para produção. Envolve autogestão, participação dos agricultores e mudança social. A transição agroecológica é um processo contínuo e dinâmico, sendo importante documentar e avaliar as mudanças que ocorrem no funcionamento do agroecossistema e na vida do agricultor, visando a compreensão da dinâmica da unidade de produção e sua real efetividade até alcançar a sustentabilidade (RICARTE et al, 2013). A agroecologia preconiza que a propriedade rural seja avaliada como um complexo sistema socioecológico, valorizando o processo e não apenas o produto a ser obtido. Por isso, a utilização de indicadores de sustentabilidade oferece uma visão multidimensional e multidisciplinar de um agroecossistema, permitindo que o produtor acompanhe a evolução do processo e defina as práticas a serem adotadas em cada etapa da conversão agroecológica (SOUZA et al, 2016). O uso de indicadores revela o grau de sustentabilidade da propriedade, e tem potencial para mostrar os pontos a serem melhorados na estrutura, auxiliando na tomada de decisões para intervenções no ambiente e fortalecendo a unidade de produção. É uma forma de mostrar ao produtor a situação de sua unidade e estimulá-lo a fazer adequações para melhorar constantemente o processo adotado, nas áreas técnica, ambiental, social e econômica. O projeto visa avaliar através de indicadores de sustentabilidade, os progressos obtidos durante o processo de conversão agroecológica de produção de leite.Os indicadores serão definidos após as visitas, e então aplicados para efetivação de intervenções nas áreas reveladas pelos indicadores de sustentabilidade.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
Avaliar através de indicadores de sustentabilidade, os progressos obtidos durante o processo de conversão agroecológica de produção de leite.

Objetivos específicos:
a. Construir os indicadores juntamente com os produtores
b. Avaliar o grau de sustentabilidade de cada área no início do processo, apontando problemas a serem solucionados
c. Acompanhar as adequações sugeridas
d. Avaliar o grau de sustentabilidade de cada área no final do processo (2 anos)

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DÉBORA DA SILVA RODRIGUES224/05/201731/12/2018
DÉBORA DA SILVA RODRIGUES1201/08/201731/07/2018
MARIO CONILL GOMES124/05/201731/12/2018
PATRICIA DA SILVA NASCENTE124/05/201731/12/2018
ROSINEI SILVA SANTOS424/05/201731/12/2018

Página gerada em 23/10/2019 10:09:10 (consulta levou 0.072003s)