Nome do Projeto
Síntese e avaliação anti-inflamatória de derivados sintéticos das 2,4-tiazolidinedionas.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2017 - 31/07/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Resumo
A inflamação é uma resposta imunológica frente a infecções microbianas, queimaduras, alérgenos, ferimentos mecânicos e outros estímulos nocivos. Novas descobertas no âmbito da imunologia demonstram que as reinfecções podem levar a produção exacerbada de citocinas pró-inflamatórias, contribuindo com o aparecimento de doenças associadas e autoimunes. O processo inflamatório é extremamente complexo, envolvendo uma série de receptores, vias intracelulares e sinalizações extracelulares, possibilitando um amplo espectro de mecanismos de ação, entre eles: a inibição de receptores, ativação de receptores, inibição enzimática, entre outros. Diferentes derivados das tiazolidinediona (TZDs) inibem as enzimas ciclooxigenases (COXs) e possuem capacidade de ativar os receptores ativados por proliferadores de peroxissoma gamma (PPARγ). As ciclooxigenases ao atuarem sobre o ácido araquidônico produzem prostaglandinas pró-inflamatória, logo, sua inibição reduz o processo inflamatório, já o PPARγ está envolvido, principalmente, com a inibição do fator de necrose kappa Beta (FN-кβ), o qual é um fator de transcrição que leva a formação de RNAm que codifica para a síntese de proteínas pró-inflamatória, com isto, a ativação do PPARγ possui ação anti-inflamatória. As COXs possuem duas isoenzimas mais conhecidas, a ciclooxigenase-1 (COX-1) e a ciclooxigenase-2 (COX-2), a primeira é expressa constitutivamente, enquanto a segunda é induzida durante o processo inflamatório. Os fármacos não seletivos, que inibem estas duas isoenzimas apresentam efeitos colaterais gastrointestinais e nefrotóxicos devido a inibição da COX-1. Com relação ao PPARγ, já foi verificado que ligantes deste receptor, semelhantes aos derivados das TZDs, possuem efeitos hepatotóxicos. Desta forma, é importante a descoberta de novos derivados das TZDs porque são moléculas capazes de atuarem em dois pontos do processo inflamatório, além disso, o estudo da relação estrutura x atividade pode levar a compostos menos tóxicos, mais específicos, eficazes e de baixo custo.

Objetivo Geral

O objetivo geral do estudo é a síntese e avaliação do potencial efeito anti-inflamatório dos derivados da 2,4-tiazolidinediona, com o intuito de desenvolver moléculas simples e de baixo custo, que possam se tornar uma alternativa viável e com menos efeitos colaterais, quando comparadas com os fármacos já conhecidos para o tratamento da inflamação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA MACHADO DAS NEVES1001/08/201731/07/2018
ALANA DE VASCONCELOS3001/08/201731/07/2020
ANA JÚLIA ZULIAN BOEIRA1001/08/201731/07/2020
BRUNA CAETANO MOREIRA401/08/201731/07/2020
CINARA TEIROBA DE ÁVILA1201/08/201828/02/2019
CINARA TEIROBA DE ÁVILA1201/08/201731/07/2018
FRANCIELI MORO STEFANELLO101/08/201731/07/2020
GEONIR MACHADO SIQUEIRA101/08/201731/07/2020
JOSÉ COAN CAMPOS JÚNIOR201/08/201731/07/2020
PAULA FERNANDA CORRÊA ROGÉRIO1001/08/201731/07/2020
larissa ribeiro de moura1201/03/201931/07/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 15.000,00

Página gerada em 13/08/2022 05:37:37 (consulta levou 0.054100s)