Nome do Projeto
Impacto da Desoneração da Folha de Pagamentos Sobre o Emprego: Novas Evidências
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2017 - 01/05/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Resumo
Realiza-se uma avaliação quantitativa de impacto da política setorial de desoneração da folha de pagamentos, implementada a partir de 2012, sobre o volume de emprego de empresas aptas a participarem da mudança e atuantes em setores da economia beneficiados pela alteração. Tal política é caracterizada pela substituição dos 20% de contribuição patronal incidente sobre a folha de pagamentos ao regime de previdência por uma contribuição entre 1 a 2% incidente sobre o faturamento da empresa. Com dados da Relação Anual de Informações Sociais para o período compreendido entre 2009 e 2015, compara-se a diferença na evolução do emprego de empresas cobertas pela mudança com empresas não cobertas, ambas de setores contemplados, com a mesma diferença (empresas cobertas e não cobertas) só que de empresas atuantes em setores não contemplados. Trata-se da estratégia de estimação de triplas diferenças.

Objetivo Geral

O presente trabalho busca investigar os efeitos da desoneração da folha de salários no que tange à contribuição patronal sobre salários, jornada de trabalho e emprego de empresas atuantes em setores beneficiados pela mudança. Especificamente, os objetivos do presente trabalho são:
i. Identificar os setores econômicos contemplados pela mudança proposta pela lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011.
ii. Aplicar metodologia adequada para a avaliação ex-post dos efeitos da lei.
iii. Medir o impacto sobre emprego, salários e jornada de trabalho.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
VICTOR LUCAS TAVEIRA MENDES REBELO201/05/201701/05/2018

Página gerada em 19/11/2019 18:54:52 (consulta levou 0.076845s)