Nome do Projeto
Conhecimento sobre conceitos alimentares e freqüência de consumo de ultraprocessados e fibras em pacientes hipertensos e diabéticos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/10/2017 - 28/02/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
O aumento da expectativa de vida nas últimas décadas é acompanhado pelo aumento das prevalências de DCNT de forma global, considerando que os indivíduos estão vivendo mais tempo, porém com pior qualidade de vida (BRASIL, 2011). O estilo de vida desses indivíduos influencia diretamente a ocorrência dessas doenças e suas consequências ao organismo. A HAS e o DM são doenças com alta prevalência, nas quais o tratamento nutricional é de extrema importância e uma maior probabilidade de sucesso no tratamento está relacionada, principalmente, à compreensão da dieta prescrita (OLIVEIRA, 2003). O conhecimento do indivíduo sobre a sua doença e a melhor forma de alimentação possibilita a atenuação das consequências e a melhora da qualidade de vida (OLIVEIRA, 2003). Dessa forma, a investigação tanto do consumo alimentar em hipertensos e diabéticos, como do conhecimento desses indivíduos sobre a sua condição e os fatores que podem colaborar com a melhora, é de extrema relevância à saúde pública. Essa avaliação possibilitará observar lacunas no fornecimento de informações aos pacientes, gerando dados importantes aos gestores municipais em saúde, com vistas ao planejamento de políticas públicas em saúde.

Objetivo Geral

Avaliar a frequencia de consumo de alimentos ultraprocessados e rico em fibras, bem como o conhecimento sobre o processamento dos alimentos e o seu papel na origem da HAS e do DM.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE DOS SANTOS COSTA202/10/201728/02/2018
PÂMELA CUNHA BARTZ402/10/201728/02/2018
THAÍS MARTINS PELLEGERA402/10/201728/02/2018

Página gerada em 23/06/2021 08:30:43 (consulta levou 0.047383s)