Nome do Projeto
Alteração cor dentária de originada pelo tratamento endodôntico: Estudo Clínico Randomizado e Retrospectivo
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/10/2017 - 05/10/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Resumo
A alteração de cor de dentes tratados endodonticamente é uma preocupação comum na prática clínica. O objetivo desse estudo será avaliar, in vivo, a alteração de cor (ΔE00) causada pelo tratamento endodôntico. Inicialmente será conduzido um estudo clínico randomizado (ECR) com o objetivo de avaliar o ΔE00 originado a partir de cimentos endodônticos à base de resina epóxica (AH Plus) e à base de agregado trióxido mineral (MTA Fillapex), seccionados à nível cervical e 2 mm abaixo, em um período compreendido entre o imediato tratamento endodôntico versus após 3, 6 e 12 meses. O cálculo amostral determinou que 48 dentes anteriores (incisivos e caninos) e posteriores (pré-molares) deverão ser incluídos no estudo. O cimento utilizado e corte serão randomicamente determinados no momento do tratamento endodôntico, originando quatro grupos (n=12): AH Plus-Cervical MTA Fillapex-Cervical, AH Plus-2mm e MTA-2mm. As cavidades de acesso endodôntico serão seladas com resina composta da cor do elemento dental. A média, desvio padrão e intervalo de confiança (IC 95%) dos valores de ΔE00 obtidos para cada cimento, serão analisados em função da variável nível de corte (cervical ou 2mm), usando o teste T e em função do nível do corte e o tipo de cimento a análise de variância de dois fatores. Adicionalmente, será conduzido um estudo retrospectivo observacional, no período compreendido entre Janeiro a Dezembro de 2018, com o objetivo de avaliar o ΔE00 de dentes anteriores (incisivos e caninos) e posteriores (pré-molares) tratados endodonticamente em uma clínica privada da cidade de Pelotas, independente da técnica, tempo de tratamento e cimento obturador utilizado. Neste estudo o ΔE00 será avaliado usando as medições obtidas no dente homólogo (sem tratamento endodôntico) versus a medida obtida do dente tratado endodonticamente. Os valores de ΔE00 obtidos para cada cimento, corte e tempo serão analisados através de análise multifatorial para verificar associações dos desfechos com o ΔE00. Para os dois estudos, um espectrofotômetro será usado para medir as coordenadas CIEL*a*b* e os parâmetros de ΔE00 serão calculados através do método CIEDE2000. Os elementos dentais serão medidos três vezes cada, sendo em seguida efetuada uma média das medidas obtidas. O teste de Shapiro-Wilk será usado para avaliar a normalidade dos dados e será estabelecido um nível de significância de 5% nos testes estatísticos.

Objetivo Geral

O ECR tem como objetivo avaliar a ΔE00 originada a partir de cimentos endodônticos à base de resina epóxica (AH Plus) e à base de agregado trióxido mineral (MTA Fillapex), seccionados à nível cervical e 2 mm abaixo, através da análise com espectrofotômetro, em um período compreendido entre o imediato tratamento endodôntico versus após 3, 6 e 12 meses. O estudo retrospectivo tem como objetivo avaliar o ΔE00 originado a partir de diferentes cimentos endodônticos, cortes cervicais destes materiais obturadores e tempo decorrido do término do tratamento endodôntico.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
JULIANA KÜTTER BOSENBECKER402/10/201705/10/2020
NADIA DE SOUZA FERREIRA202/10/201705/10/2020

Página gerada em 05/12/2022 02:49:44 (consulta levou 0.049093s)