Nome do Projeto
Inovação, Estratégia e Sustentabilidade no Agronegócio
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2018 - 28/02/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Administração
Resumo
O projeto "Sustentabilidade, Estratégia e Inovação", mais do que um projeto específico, visa ser um projeto mais amplo de pesquisa sobre o inter-relacionamento das temáticas de sustentabilidade, estratégia e inovação no campo da administração do agronegócio. Visa criar um espaço de pesquisa acadêmica para os alunos de graduação, especialização e pós-graduação interessados na pesquisa de alternativas organizacionais ligadas ao foco do projeto. Origina-se da percepção de que no setor agroindustrial a discussão sobre sustentabilidade e a necessidade de estratégias e inovações são prementes, pois estas organizações utilizam com muita intensidade os recursos naturais do planeta, sejam eles renováveis ou não, além de terem um importante papel na economia mundial e na qualidade de vida das pessoas. Logo é impossível olhar esse setor sob uma ótica estritamente econômica. No curto prazo o projeto visa contribuir para a compreensão de como as organizações do agronegócio estão desenvolvendo seus processos de inovação e suas estratégias com foco na sustentabilidade. Mais especificamente quer compreender quais os fatores do ambiente interno e externo estão contribuindo para estas duas atividades.

Objetivo Geral

Prioritariamente, em relação a ecoinovação, objetiva-se:
 Revisar a literatura sobre a definição e tipos de ecoinovação;
 Revisar a literatura e identificar os direcionadores e as medidas de desempenho em ecoinovação;
 Revisar a literatura sobre Análise Qualitativa Comparativa e suas técnicas;
 Identificar as combinações de drivers que mais favoreceram a adoção de ecoinovações das agroindustrias do Rio Grande do Sul;
 Descrever as combinações de drivers que mais favoreceram a adoção de ecoinovações.

Em relação a ecoinovação, objetiva-se:
• Identificar quais são as operações verdes estão sendo desenvolvidas nas agroindústrias do Rio Grande do Sul.
• Identificar os fatores externos e internos que contribuem para a adoção de práticas verdes;
• Relacionar os fatores externos e internos da GSCM aos conceitos do Framework Micro-meso-macro.
• Analisar, numa perspectiva multinível, os fatores internos e externos e as práticas de GSCM adotadas nas empresas pesquisadas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAMILA SOARES CARDOSO401/03/201828/02/2019
FELIPE FEHLBERG HERRMANN201/03/201828/02/2019
GUSTAVO NEVES GOULARTE1001/03/201828/02/2019
JULIANY BRAGA SOUZA1001/03/201828/02/2019
WILLIAN SODRÉ LEAL401/03/201828/02/2019

Página gerada em 29/07/2021 05:40:00 (consulta levou 0.043280s)