Nome do Projeto
MEMÓRIAS GASTRONÔMICAS DA PESCA: NARRATIVAS DE ORTIGA, MAÇÃO, PORTUGAL E DA COLÔNIA Z3, PELOTAS, BRASIL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
25/06/2018 - 25/11/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Turismo
Resumo
Este projeto tem por finalidade a realização de uma investigação sobre a memória social da gastronomia de base pesqueira na Freguesia de Ortiga, Mação, Portugal e na Colônia de Pescadores Z3, Pelotas, Brasil. O saber fazer gastronômico de grupos sociais costeiros representa parte de uma memória social baseada numa relação direta com uma identidade permeada pela relação com a natureza, com o pescado, com os barcos, com as águas. O conjunto de receitas, as formas de confecção e os distintos pratos que compõem o universo gastronômico dos povos representam parte de sua formação, caracterização e singularidade identitaria. Historicamente, esses elementos, transferidos oral e tecnicamente entre gerações e membros de um mesmo contexto sociocultural, auxiliam no equilíbrio emocional dos que os produzem e na valorização de suas produções, gerando, inclusive, possibilidades econômicas, através da oferta dos pratos típicos em atividades de turismo e animação. Esse projeto busca realizar uma investigação sobre a memória social gastronômica da Freguesia de Ortiga, Mação, Portugal e da Colônia de Pescadores Z3, Pelotas, Brasil, através da metodologia de pesquisa oral acionada por meio de narrativas de cozinheiros e moradores locais. Não sendo um estudo comparativo, o projeto busca ampliar o entendimento sobre as nuances, práticas, relações sociais e características culturais e econômicas associadas à memória gastronômica pesqueira no Brasil e em Portugal, buscando ainda o desenvolvimento de uma colaboração científica em estudos sobre memória social e patrimônio cultural entre o Museu de Arte Pré-Histórica de Mação (Instituto Politécnico de Tomar) e o Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). As receitas, práticas e significados socioculturais da prática gastronômica das referidas localidades possuem um processo histórico singular que as diferenciam como núcleos identitários e locus de pesquisa. Identificar, caracterizar e explicar esses elementos, por meio de narrativas e de histórias de vida e da rememoração de seus moradores/produtores, tende a gerar um importante resultante na compreensão e na valorização da cultura dos povos, aproximando Brasil e Portugal na evolução conjunta dos estudos em torno da memória, do patrimônio e do turismo.

Objetivo Geral

3.1 Objetivo Geral:

Realizar uma investigação sobre a memória gastronômica pesqueira na Freguesia de Ortiga, Mação, Portugal e na Colônia de Pescadores Z3, Pelotas, Brasil.


3.2 Objetivos Específicos:

• Caracterizar os locais investigados sob os pontos de vista histórico, cultural, político, econômico, social e de lazer;
• Por meio de narrativas, identificá-los e descrever histórias de vida e cotidiano sociocultural e econômico dos cozinheiros dos locais investigados;
• Identificar e descrever as principais receitas da gastronomia à base de pescados em Ortiga e na Colônia de Pescadores Z3;
• Identificar e caracterizar os empreendimentos gastronômicos que ofertam pratos à base de pescados, incluindo seus resultantes socioeconômicos;
• Identificar os cardápios e cartas oferecidos nos bares, restaurantes e similares dos locais investigados;
• Caracterizar os núcleos investigados a partir das óticas turística e da animação, com inventário de atividades, estruturas e serviços a essas práticas;
• Solidificar e ampliar as relações técnicas e científicas entre as instituições envolvidas no referido projeto, em torno da valorização da memória e de práticas tradicionais de produção gastronômica nos locais investigados;
• Elaborar trabalhos científicos (artigos, trabalhos de conclusão de curso, comunicações orais e apresentação de pôsteres em eventos) com base nos resultados obtidos com o projeto;
• Projetar, com resultados do referido projeto, futuros projetos de pós-graduação (mestrado e doutoramento) nas áreas da memória social, do patrimônio, da arqueologia, do turismo e da hospitalidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAMILA OSÓRIO DUTRA425/06/201825/11/2018
MARIA EDUARDA GRIMALDI FERNANDES425/06/201825/11/2018
MICHELE VASCONCELLOS CHIATTONE125/06/201825/11/2018
PRISCILA VASCONCELLOS CHIATTONE125/06/201825/11/2018

Página gerada em 14/11/2019 07:26:25 (consulta levou 0.067315s)