Nome do Projeto
Melitina: prospecção das capacidades imunoestimulante e imunossupressora
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2018 - 30/11/2021
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Doenças Infecciosas de Animais
Resumo
Estudos realizados com o veneno de abelhas da espécie Apis mellifera demonstraram que ele possui pelo menos 18 substâncias diferentes em sua composição, incluindo: proteínas, peptídeos, aminas biologicamente ativas, fosfolipídeos, aminoácidos, açúcares, feromônios e outras substâncias voláteis. Aproximadamente 50 % do peso seco do veneno corresponde ao peptídeo melitina e esta é tóxica para diversos tipos celulares como eritrócitos, leucócitos e miócitos. Além disso, também foi associada com a modulação da atividade de proteínas, como a fosfolipase A2 presente no veneno de abelha e as fosfolipase A e D humanas, que tem seu poder catalítico aumentado na presença de melitina. As propriedades imunomoduladoras dessa substância continuam um mistério, já que há poucos estudos na literatura científica que comprovem ou rejeitem a hipótese de imunoestimulação ou imunodepressão. Existem poucos relatos na literatura onde pesquisadores encontraram atividade depressora do sistema imume humoral e dependente da concentração e um incremento na função imune celular avaliada por meio de testes in vitro constatando aumento da atividade linfoproliferativa de esplenócitos sensibilizados e da liberação de IFN-γ por esses. Em experimentos anteriores pelo nosso grupo de pesquisa, foi avaliada a citotoxicidade da melitina em diferentes linhagens celulares, incluindo macrófagos murinos J774, células previstas para utilização neste experimento. Além disso, a toxicidade in vivo da melitina em camundongos BALB/C foi avaliada, a partir da inoculação do peptídeo em diferentes concentrações. Foram realizadas análises bioquímicas séricas (ALT, GGT, AST, Fosfatase alcalina, ureia e creatinina), assim como histopatologia dos órgãos. Como as análises iniciais já foram realizadas objetivamos iniciar este projeto realizando testes in vitro da função da melitina sobre células do sistema e imune e imunizando camundongos com posterior análise da vacina para determinação de concentração de uso em bovinos.

Objetivo Geral

Objetivos Geral
Explorar os efeitos imunomoduladores da melitina, avaliando os benefícios de seu potencial imunoestimulante e/ou imunossupressor, assim como determinar seus mecanismos de ação.

Objetivos Específicos
- Determinar a toxicidade in vitro da melitina sobre células, especialmente as importantes no sistema imune;
- Realizar testes in vitro de proliferação de células imunes e avaliar o aumento ou diminuição de suas atividades, quando estimulados com melitina;
- Confeccionar uma vacina experimental contendo melitina e vacinar camundongos;
- Avaliar os efeitos da vacina sobre o sistema imune humoral e celular através da pesquisa de anticorpos e citocinas em soro sanguíeo pela técnica de ELISA e de mRNA codificador de citocinas (IL-12, IFN-γ, IL-10, TNF- α e TGF- β) em esplenócitos sensibilizados, pela técnica de qRT-PCR;
- avaliar os efeitos da vacina na espécie bovina através de metodologia semelhante; - Induzir artrite em camundongos para estudos com doença autoimune;
- Tratar os camundongos com artrite induzida com melitina;
- Analisar o efeito dos tratamentos através da determinação de escores clínicos para a artrite induzida, contagem de células do sangue, análise histopatológica das patas dos animais;
- Estudar os efeitos da melitina na proliferação de esplenócitos através de análises em citometria de fluxo e microscopia confocal;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CRISTINA MENDES PETER201/05/201830/11/2021
EVERTON FAGONDE DA SILVA101/05/201830/11/2021
GILBERTO D'ÁVILA VARGAS101/05/201830/11/2021
MARCELO DE LIMA101/05/201830/11/2021
MATHEUS GOMES LOPES201/05/201830/11/2021
PAULO RICARDO CENTENO RODRIGUES201/05/201830/11/2021
RODRIGO BOZEMBECKER DE ALMEIDA201/05/201830/11/2021
SILVIA DE OLIVEIRA HUBNER101/05/201830/11/2021
TONY PICOLI801/05/201830/11/2021

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 10.000,00

Página gerada em 14/10/2019 00:54:45 (consulta levou 0.077892s)