Nome do Projeto
A naturalização da moral no pensamento de Nietzsche
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2019 - 31/07/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Filosofia - Ética
Resumo
Nietzsche elabora com determinação o pensamento e os projetos da Vontade de poder no mesmo período da redação e publicação obra Além do bem e do mal (1886). A vontade de poder deixa de ser um projeto entre outros para assumir um vínculo forte com o projeto de naturalização da moral. É preciso, desse modo, confrontar as obras publicadas com os fragmentos póstumos de 1885 e 1886 para compreender a posição, o contexto de surgimento do conceito e do desenvolvimento do projeto da Vontade de poder. Investigaremos os modos pelos quais Nietzsche constrói sua história natural da moral – na moral dos senhores e dos escravos – a partir do conceito de vontade de poder, questionando se há uma transição coerente do plano cosmológico ao valorativo. Além disso, analisaremos a nova formulação do “imperativo categórico da natureza” no pensamento de Nietzsche, e a noção de necessidade e causação que ele pressupõe. Por fim, é preciso determinar qual a função da vontade de poder no projeto ético de Nietzsche. A vontade de poder possui apenas a função metodológico-regulativa para a crítica e para o estabelecimento de novos valores? Ou ela possui a função substancial, de ser o critério para novos valores morais naturalizados? Ou deveria ser simplesmente descartada, por seu comprometimento ontológico?

Objetivo Geral

- Analisar textos de Nietzsche acerca da relação entre o conceito de vontade de poder e o projeto de naturalização da moral, visando a uma discussão de problemas da filosofia moral moderna e contemporânea;
- Investigar as obras de cunho ético de Nietzsche (A Gaia ciência, Além do bem e do mal e A genealogia da moral) com apoio em comentadores, intérpretes (vide a bibliografia), e no confronto com pensadores da ética modernos e contemporâneos, no intuito de esclarecer os pontos problemáticos do projeto de naturalização da moral.
- Confrontar a fisiopsicologia da vontade de poder com as interpretações recentes (de B. Leiter e R. Schacht) acerca do naturalismo de Nietzsche em relação à moral.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNO PEREIRA DUTRA231/12/201731/12/2018
DANILO ROSA GONCALVES1201/08/201831/07/2019
Rafael dos Santos Ramos231/12/201731/12/2018
TULIPA MARTINS MEIRELES401/01/201530/12/2016

Página gerada em 20/11/2019 23:06:33 (consulta levou 0.069585s)