Nome do Projeto
Diferentes formas de adição de ácidos graxos poliinsaturados (PUFAs) de cadeia longa ômega 3 - eicosapentaenoico (C20:5n-3, EPA) e docosahexaenoico (C22:6n-3, DHA) - na maturação in vitro de oócitos suínos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
04/06/2019 - 02/03/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Resumo
Nos suínos a PIV ainda é pouco eficiente, sendo essa baixa eficiência muitas vezes atribuída ao alto conteúdo lipídico dos oócitos e embriões. Os ácidos graxos poliinsaturados (PUFAs) ômega-3 possuem papel estrutural, afetando os mecanismos de transmissão intracelular de sinal e adipogênese. Assim sendo, considerando as características anfipáticas da ciclodextrina (CD) e sua comprovada eficácia como carreadora de moléculas lipofílicas, bem como os potenciais efeitos benéficos dos DHA e do EPA na PIV, o presente projeto propõe avaliar o efeito da adição dessas substâncias como aditivos durante a maturação in vitro (MIV) em suínos. A obtenção de CD carregada com PUFA será realizada seguindo metodologia descrita para elaboração de CD carregada com colesterol. O experimento 1 tem objetivo de avaliar o nível e forma de adição de DHA ao meio de MIV, o DHA será acrescido ao meio na concentração de 50 μM, 100 μM e 150 μM, diluído em etanol ou em complexo com CD perfazendo um total de nove grupos experimentais: (1) Controle (meio base sem etanol ou CD); (2) Controle etanol (adição do maior volume de etanol a ser utilizado no grupo tratamento, sem PUFA); (3) Controle ciclodextrina (meio com adição da maior quantidade de CD a ser utilizada no grupo tratamento, sem PUFA); (4-6) meio com 50 μM, 100 μM e 150 μM de DHA conjugado com CD; (7-9) meio com 50 μM, 100 μM e 150 μM de DHA diluído em etanol. O experimento 2 seguirá o mesmo desenho do experimento 1 porém avaliando o nível e forma de adição de EPA. Utilizando os grupos com melhor desempenho nos experimentos 1 e 2, o experimento 3 avaliará a combinação de DHA+EPA na MIV de suíno. Para isso as estruturas serão dividas em cinco grupos: (1) Controle (meio base); (2) DHA - grupo com melhor resultado do Experimento 1; (3) EPA - grupo com melhor resultado do experimento 2; (4) EPA+DHA - combinação dos grupos com melhores resultados dos Experimentos 1 e 2; (5) Controle positivo (meio NCSU-23 com 10% de líquido folicular suíno e outros aditivos). Para avaliar a ação dos ômega-3, ao término da MIV, as estruturas serão avaliadas quanto a maturação nuclear, incorporação dos PUFAs e conteúdo lipídico total, taxa de ativação partenogenética, conteúdo lipídico total e gotículas lipídicas e expressão gênica.

Objetivo Geral

2.1. Objetivo Geral

Avaliar a eficiência da adição de diferentes concentrações de DHA e de EPA ao meio de maturação in vitro em complexo com metil-β-ciclodextrina ou diluídos em etanol.

2.2. Objetivos Específicos

• Avaliar a taxa de maturação de oócitos suínos MIV na presença de EPA ou DHA e sua combinação;
• Avaliar a influência do EPA e DHA, durante a MIV de oócitos suínos, sobre as taxas de ativação partenogenética;
• Verificar as taxas de incorporação de EPA e DHA em oócitos suínos MIV na presença ou ausência desses PUFAs;
• Avaliar o conteúdo lipídico total de oócitos suínos MIV com EPA e DHA;
• Avaliar a expressão de genes relacionados a deposição e tamanho das gotículas de lipídeos em oócitos suínos MIV na presença ou ausência EPA e DHA;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ARNALDO DINIZ VIEIRA101/06/201531/05/2017
BERNARDO GARZIERA GASPERIN101/06/201531/05/2017
FERNANDA AGUIAR MACHADO404/06/201902/03/2020
JOSÉ VICTOR CARDOSO BRAGA804/06/201902/03/2020
NATHÁLIA WACHOLZ KNABAH201/06/201703/06/2019
THOMAZ LUCIA JUNIOR101/06/201531/05/2017
VERÓNICA HOYOS MARULANDA1001/06/201703/06/2019

Página gerada em 19/10/2019 00:10:38 (consulta levou 0.094583s)