Nome do Projeto
AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DOS PRÉ-ESCOLARES DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL DE PELOTAS, RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/08/2018 - 14/08/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Resumo
O estado nutricional das crianças vem se modificando nas últimas décadas, a ocorrência de sobrepeso e obesidade tem aumentado ao mesmo tempo em que permanecem taxas elevadas de desnutrição. Será realizado um estudo transversal que incluirá todas as crianças das Escolas Municipais de Educação Infantil do município de Pelotas, RS e servirá de linha de base para intervenções com ações de educação nutricional. O objetivo do presente projeto é estabelecer o perfil do estado nutricional das crianças e em seguida planejar uma intervenção. As medidas antropométricas de todas as crianças serão coletadas na própria escola por alunos de graduação. O peso será aferido por balança portátil eletrônica da marca Seca modelo 336 para bebês e modelo 813 para crianças que permanecem em pé. Para a obtenção do comprimento será utilizado antropômetro da marca Seca modelo 417 e para aferição da altura será o modelo 213. De acordo com o estado nutricional e as características da escola, cada par de escolas de turno integral será selecionada para participar da intervenção ou do grupo controle, conforme sorteio. Será avaliado o conhecimento nutricional dos professores, auxiliares e merendeiras por meio de um instrumento elaborado de acordo com as informações do Guia Alimentar da População Brasileira e outros artigos científicos sobre alimentação saudável na infância. Esses profissionais participarão de palestras e oficinas sobre alimentação saudável através de encontros quinzenais durante três meses. Após a intervenção, o conhecimento nutricional de todos os professores, auxiliares e merendeiras será avaliado por meio do instrumento autoaplicado. As análises incluirão a comparação das escolas do grupo intervenção e do grupo controle. Também será realizada a comparação do estado nutricional de todas as crianças matriculadas nas Escolas Municipais de Educação Infantil em 2018 com o estado nutricional das crianças que frequentavam as mesmas escolas em 2004. Associações e alguns fatores de risco para sobrepeso entre as crianças serão avaliados. Com o presente estudo, pretende-se descrever o estado nutricional das crianças e realizar intervenções e por fim avaliar efetivamente esta intervenção com os profissionais das escolas.

Objetivo Geral

Geral
Avaliar o estado nutricional de crianças das Escolas Municipais de Educação Infantil do município de Pelotas, RS e, conforme o perfil nutricional das crianças, selecionar aleatoriamente uma escola para receber a intervenção de educação nutricional e outra para o grupo controle de cada par de escolas ordenado de acordo com características semelhantes.
Específicos
1. Descrever o estado nutricional das crianças em relação aos índices antropométricos altura-para-idade e IMC-para-idade.
2. Descrever o consumo alimentar das crianças de acordo com o formulário de marcadores de consumo alimentar do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN.
3. Descrever o conhecimento dos profissionais (professores, auxiliares e merendeiras) em relação à alimentação infantil na primeira infância.
4. Avaliar a associação do excesso de peso (sobrepeso e obesidade) das crianças de acordo com as seguintes características:
• demográficas (sexo, cor da pele e idade);
• socioeconômicas (escolaridade materna e renda familiar);
• saúde da criança (peso ao nascer, amamentação, hospitalizações, diarreia, uso de medicamentos);
• comportamental (horas em frente à TV ou dispositivos de tela -smartphones, tablete, PCs e computadores);
• consumo alimentar.
5. Comparar o estado nutricional das crianças das EMEIs com o resultado de avaliação realizada em 2004 nas mesmas EMEIs (Gigante, Buchweitz et al. 2007).
6. Propor ações de educação nutricional a serem executadas com crianças, professores, auxiliares e merendeiras em metade das EMEIs de turno integral incluídas neste projeto.
7. Realizar avaliação da intervenção, por meio da comparação do escore de conhecimento sobre alimentação saudável na primeira infância, do grupo de profissionais que recebem a intervenção com o escore de conhecimento dos profissionais pertencentes ao grupo controle.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CAROLINE ROCHA ROMANCINI215/08/201830/08/2019
ANGELICA OZORIO LINHARES1215/08/201814/08/2020
ANGELICA OZORIO LINHARES1215/08/201814/08/2020
ARIANE DE FREITAS ULGUIM215/08/201814/08/2020
BRUNA BELING KLUG415/08/201830/08/2019
CARINA OLIVEIRA VAZ819/08/201914/08/2020
DEIZE ELIZANDRA VIEIRA FANKA215/08/201830/08/2019
GABRIELA PINHEIRO FRANCO2001/08/201931/01/2020
GABRIELA PINHEIRO FRANCO415/08/201831/07/2019
INGRID FURTADO DELGADO2001/02/202031/07/2020
INGRID FURTADO DELGADO819/08/201931/01/2020
JULIANA CRUZ DE SOUZA215/08/201814/08/2020
LAIANE MARIA DIAS RODRIGUEZ819/08/201914/08/2020
LARISSA BARZ DE VARGAS215/08/201830/08/2019
LARISSA SANDER MAGALHÃES215/08/201830/08/2019
LUIZA LOPES VIGHI415/08/201830/08/2019
LUÍSA SILVEIRA DA SILVA2001/02/202031/07/2020
LUÍSA SILVEIRA DA SILVA215/08/201831/01/2020
MANUELA FERREIRA VIANA815/08/201830/08/2019
MARIANA MARINS CLEFF815/08/201830/08/2019
MILENA DA SILVA LANGHANZ415/08/201830/08/2019
NATHALIA ALVES SPECHT415/08/201830/08/2019
OLAVO DE OLIVEIRA SCHNEIDER819/08/201914/08/2020
PAMELA CALDEIRA MOREIRA819/08/201914/08/2020
RAFAELA DE OLIVEIRA DAS NEVES2001/08/201931/01/2020
RAFAELA DE OLIVEIRA DAS NEVES415/08/201831/07/2019
RAÍSSA ZANATTA215/08/201830/08/2019
RENATA DE LIMA CONTREIRA415/08/201814/08/2020
THALIA DOMINGUES DE LIMA819/08/201914/08/2020

Página gerada em 08/08/2022 22:59:45 (consulta levou 0.061383s)