Nome do Projeto
ÍNDICE DE MASSA CORPORAL E MORTALIDADE ENTRE IDOSOS COMUNITÁRIOS DO SUL DO BRASIL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
22/08/2018 - 28/02/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
Devido ao crescente envelhecimento populacional em escala global, tem sido observado um aumento do interesse acerca dos aspectos que englobam a saúde da população idosa.Acrescentando-se a isso a importância da nutrição sobre o processo de envelhecimento, esse projeto tem como objetivo avaliar a relação entre o índice de massa corporal (IMC) e a mortalidade apóscerca de três anosentre idosos comunitários da cidade de Pelotas/RS. O trabalho de delineamento observacional longitudinal faz parte da continuidade do estudo‘’COMO VAI?’’,iniciado junto a um consórcio de pesquisa de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas, conduzido em 2014.As entrevistas para a coleta de características socioeconômicas, demográficas e de saúde, além das medidas antropométricas, foram realizadasna linha de base nos domicílios dos idosos. O peso foi aferido com balança digital efoi estimada a altura em pé a partir da verificação da altura do joelho. O acompanhamento posterior ocorreu em 2016-7 a partir deentrevistas telefônicas ou domiciliares (em caso de mudança de número de telefone ou ausência de resposta),com confirmação dos óbitos junto ao setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde do município. Os dados serão analisados utilizando-se análises apropriadas para a verificação da sobrevivência considerando-se o tempo de acompanhamento e será elaborado um artigo científico a ser apresentado na ocasião da defesa dessa dissertação.

Objetivo Geral

• Examinar a associação entre IMCe mortalidade ao longo de quase três anos utilizando os critérios da OMS58 e de Lipchitz59;
• Avaliar a associação entre IMC e mortalidade a partir dos critérios propostos pela OMS58 e Lipschitz59, conforme a presença ou ausência de miopenia;
• Descrever a área sob a curva ROCda relação entre IMC e mortalidade;
• Identificar pontos de avaliação do IMC com o melhor desempenho para predição da mortalidade através dos parâmetros de sensibilidade e especificidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRESSA SOUZA CARDOSO422/08/201828/02/2019
MARIANA OTERO XAVIER122/08/201828/02/2019
NATHALIA BRANDÃO PETER222/08/201828/02/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 1.500,00

Página gerada em 24/01/2021 10:27:23 (consulta levou 0.089471s)