Nome do Projeto
Padrões de sono e Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH): perspectivas observacional e genética
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/09/2018 - 28/02/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um dos transtornos psiquiátricos mais comuns na infância, com grande persistência na vida adulta. O TDAH é marcado por um padrão contínuo de desatenção, hiperatividade e/ou impulsividade que interfere no funcionamento e desenvolvimento, tem etiologia complexa e pouco conhecida. Indivíduos com TDAH apresentam menor duração de sono e, em maior frequência, problemas de sono, cronotipo vespertino e disfunções circadianas. Contudo, ainda não está claro se estes padrões de sono são efeitos secundários ou fator de risco para o TDAH. Poucos estudos utilizam delineamento e análise longitudinais para estudar a relação temporal dessa relação. Ademais, até o momento, os estudos que buscaram compreender a relação genética entre as duas condições utilizaram a estratégia de genes-candidato e os resultados se restringem a poucos marcadores genéticos. O presente projeto tratará de investigar a relação entre padrões de sono e TDAH por meio de uma abordagem longitudinal observacional e outra genética. No primeiro estudo pretende-se avaliar associação entre duração de sono, despertares noturnos e problemas de sono nos primeiros anos de vida (1,2 e 4 anos) e suas trajetórias e TDAH aos 11 anos de idade na coorte de Nascimentos de Pelotas de 2004. A recente descoberta de marcadores genéticos em nível genômico para ciclo circadiano e duração de sono oferece subsídios para a condução de estudos que busquem uma melhor compreensão sobre a susceptibilidade genética do TDAH, bem como a investigação acerca da contribuição genética de padrões de sono na etiologia desse transtorno psiquiátrico em uma abordagem genômica. Sendo assim, no outro estudo original, o objetivo é testar se existe relação causal entre padrões de sono e TDAH, e qual a direção dessa relação, utilizando dados públicos. Por fim, também contemplará um estudo de revisão sistemática sobre os achados de estudos de associação entre genes do ritmo circadianos e TDAH. No presente projeto são apresentadas revisões conduzidas que embasem as propostas, bem como a metodologia que pretende-se utilizar para responder as perguntas de pesquisa.

Objetivo Geral

Objetivo geral


Investigar associação entre padrões de sono e TDAH por meio de uma revisão sistemática e de dados originais em perspectivas observacional e genética nas Coortes de Nascimentos de Pelotas de 1982 e 2004.


Objetivos específicos

1. Avaliar associação entre duração de sono (noturno e total), despertares noturnos e problemas de sono nos primeiros anos de vida (1,2 e 4 anos) e a ocorrência de TDAH aos 11 anos de idade na coorte de Nascimentos de Pelotas de 2004;
2. Investigar associação entre trajetória de duração de sono (noturno e total) e problemas de sono aos 1, 2 e 4 anos e ocorrência de TDAH e sua sintomatologia aos 11 anos de idade na coorte de Nascimentos de Pelotas de 2004;
3. Revisar sistematicamente os achados de estudos de associação entre genes de ritmo circadiano e fenótipo de TDAH.
4. Testar a relação causal entre padrões de sono e TDAH, utilizando RM de duas amostras;
5. Identificar a direção da relação causal entre entre padrões de sono e TDAH, utilizando RM de duas amostras.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
MARINA XAVIER CARPENA401/09/201828/02/2021
TIAGO NEUENFELD MUNHOZ101/09/201828/02/2021

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 97.431,00
CNPqR$ 44.951,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 106.890,50

Página gerada em 22/01/2020 15:51:56 (consulta levou 0.077871s)