Nome do Projeto
Aspectos associados com a apneia obstrutiva do sono, bruxismo, dor orofacial e qualidade do sono.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/11/2018 - 01/11/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
O bruxismo e a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) são desordens do sono com grande importância para odontologia. A SAOS é caracterizada pela obstrução parcial ou total das vias aéreas superiores. O bruxismo é definido como uma atividade repetitiva da musculatura mandibular caracterizado pelo apertar ou ranger dos dentes e/ou pela retrusão ou propulsão da mandíbula. Esta pesquisa será dividida em três estudos. No estudo 1 será conduzida uma avaliação retrospectiva observacional para investigar a associação entre a SAOS e o bruxismo do sono (BS). Serão coletados dados de laudos de polissonografias (PSG) e prontuários (n=640) de exames realizados entre Janeiro de 2012 à Julho de 2018, no Instituto do Sono de Pelotas (ISP). No estudo 2 será conduzida uma avaliação clínica prospectiva em indivíduos (n=70) com idade entre 19 à 60 anos submetidos a PSG, para avaliar a influência do BS, bruxismo de vigília (BV) e SAOS nos sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM). Os indivíduos serão avaliados clinicamente e diagnosticados quanto à DTM usando o “Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders”, para o BS e SAOS usando a PSG, e o BV usando o aplicativo para smartphone BruxApp®. O estudo 3 avaliará a correlação entre os diagnósticos para o BS e qualidade do sono, obtidos a partir do uso de aplicativo para smartphone (APP-Sleep Cycle®), PSG e questionários (Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh-IQSP e Johansson). Indivíduos (n=40) com idade entre 19 a 60 anos submetidos à PSG serão incluídos. Os questionários serão aplicados antes da PSG, e o APP simultaneamente com a PSG. Os dados serão tabulados e análise estatística descritiva será realizada. Depois os testes estatísticos específicos serão determinados após análise preliminar (α= 0,05).

Objetivo Geral

Devido à escassez de evidência científica suportando as associações entre a influência do ciclo circadiano do bruxismo e Disfunção Temporomandibular e qualidade do sono, bem como devido as controvérsias na literatura acerca da precisão de métodos usados para diagnóstico e bruxismo e qualidade do sono, este estudo será dividido em três partes e objetivará preencher esta lacuna existente na evidência científica atual.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNA LEÃO PÔRTO2001/08/201931/07/2020
DEBORAH CASTAGNO COSTA201/11/201801/11/2022
FABÍOLA JARDIM BARBON1001/11/201801/11/2022
GUILHERME ESPINOSA DUTRA2001/09/202131/08/2022
THIAGO AZARIO DE HOLANDA201/11/201801/11/2022

Página gerada em 24/05/2024 10:05:53 (consulta levou 0.043078s)