Nome do Projeto
Avaliação de forrageiras sob corte e pastejo em diferentes locais do Estado do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/12/2018 - 01/11/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Zootecnia - Avaliação, Produção e Conservação de Forragens
Resumo
Os problemas relativos à produção animal a pasto se estendem a todas as espécies de ruminantes. Na produção bovina e ovina, devido a estacionalidade produtiva do campo nativo, há carência alimentar nos meses de inverno e, muitas vezes, baixa qualidade da forragem nos meses de verão. Soma-se a isso, a diminuição das áreas destinadas a produção animal, que têm perdido espaço para o cultivo de grãos e produção florestal. Sendo assim, a fim de manter os níveis produtivos e reprodutivos do rebanho, os produtores são obrigados a fazerem uso de forragens conservadas e suplementos alimentares. Neste contexto, torna-se necessário o desenvolvimento de alternativas que permitam a diminuição do déficit alimentar, como a adoção de pastagens cultivadas de alta produtividade e qualidade e o manejo mais aprimorado daquelas já utilizadas, sejam estas nativas ou exóticas. Contudo, há que se conhecer a adaptação das espécies a cada local, bem como se determinar seu ciclo, potencial produtivo, escalonamento da produção e os impactos socioeconômicos e ambientais de sua utilização. Para tal serão realizados experimentos, em casa de vegetação e a campo, em diferentes locais do Estado do Rio Grande do Sul, envolvendo níveis e épocas de adubação e de intensidade e freqüência de corte ou pastejo sobre diferentes espécies forrageiras, nativas e exóticas, estivais e hibernais. Com este estudo, espera-se subsidiar à indicação de alternativas forrageiras às espécies tradicionalmente utilizadas; fornecer informações precisas e confiáveis para o planejamento de sistemas de produção a pasto mais eficientes e, obter práticas de manejo produtivo conservacionistas, visando a preservação e perenidade dos recursos naturais simultaneamente à sustentabilidade social e econômica, minimizando alguns limitantes da produção animal a pasto no Estado do RS.

Objetivo Geral

Objetivo Geral:
Avaliar o potencial produtivo do campo nativo e de gramíneas e leguminosas forrageiras exóticas introduzidas no Estado do Rio Grande do Sul.

Objetivos específicos:
_Verificar o potencial produtivo, adaptação e qualidade forrageira de espécies nativas e exóticas;
_Estudar práticas de manejo que maximizem o potencial das espécies;
_Avaliar os impactos ambientais da produção de pastagens;
_Avaliar os impactos socioeconômicos e ambientais da produção animal a pasto.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXSANDRO BAHR KRÖNING1601/12/201820/02/2021
ALLAN PATRICK TIMM DE OLIVEIRA1611/07/201928/02/2021
AMAURY GARCIA MOREIRA DOS SANTOS1611/07/201928/02/2021
CARLOS EDUARDO DA SILVA PEDROSO201/12/201801/11/2023
CRISTIANO HAETINGER HUBNER401/12/201801/11/2023
GABRIELA MAIA DE AZEVEDO1601/12/201820/02/2020
GUILHERME SEVERO GUTERRES411/07/201930/12/2021
JANAÍNA SAUTHIER1611/07/201928/02/2021
LISIANE JOBIM DA COSTA PINHEIRO1601/12/201801/09/2019
LUCAS MADRUGA DE OLIVEIRA411/07/201930/12/2021
PATRÍCIA PINTO DA ROSA1601/12/201820/02/2019
PÂMELA PERES FARIAS1601/12/201820/02/2022
ROGER MARLON GOMES ESTEVES401/12/201801/11/2023
STEFANI MACARI201/12/201801/11/2023

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 10.000,00

Página gerada em 14/11/2019 09:51:04 (consulta levou 0.080703s)