Nome do Projeto
Florística do estrato lenhoso da área do Grupo de Agroecologia da Universidade Federal de Pelotas (GAE-UFPel)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2019 - 01/11/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Botânica
Resumo
O Bioma Pampa é uma das regiões de campos temperados mais importantes do planeta. Entretanto, a intensa expansão das monoculturas tem levado a uma rápida degradação desta biodiversidade, afetando o desenvolvimento sustentável da região e comprometendo os serviços ambientais que a vegetação local proporciona. Neste contexto, como uma alternativa para a restauração de ecossistemas em áreas degradadas, os Sistemas Agroflorestais podem ser implantados. Estes são formas de uso da terra baseados na associação de espécies arbóreas com cultivos agrícolas e/ou animais, em um mesmo espaço de maneira simultânea ou numa sequência temporal. De O Grupo de Agroecologia da Universidade Federal de Pelotas foi formado no ano de 1993 e, atualmente, é constituído por um coletivo de estudantes de diversos cursos da universidade. Por meio de práticas e debates fundamentados na agroecologia, o grupo preza pela troca de conhecimentos e experiências, promovendo um debate de resistência frente à agricultura convencional. A partir disto, estudos florísticos tornam-se fundamentais, fornecendo informações para uma melhor compreensão do ecossistema local e contribuindo com um manejo mais adequado, conhecimento e estudo da área. Este trabalho visa realizar um levantamento florístico do estrato lenhoso da área didático-experimental ocupada pelo GAE-UFPel, localizada no Campus Capão do Leão, Rio Grande do Sul, Brasil, onde o grupo mantêm um viveiro de mudas, uma área de convivência e um Sistema Agroflorestal. Além de descrever a composição florística, pretende-se elaborar chaves vegetativas de identificação para as famílias e espécies lenhosas, e classificar as espécies quanto a sua utilização regional e importância em agroecossistemas. Informações sobre o período de floração e frutificação das espécies, nomes populares, distribuição e outras observações, também serão fornecidas para o Grupo de Agroecologia, juntamente a um herbário contendo todas as espécies coletadas herborizadas. As coletas serão realizadas semanalmente utilizando o Método do Caminhamento e todos os indivíduos lenhosos serão considerados. Os exemplares coletados serão herborizados conforme procedimentos usuais e as espécies serão identificadas por meio de literatura especializada e, quando necessário, com consulta à especialistas e comparação com o acervo do Herbário PEL. As coletas que estiverem em estádio fértil serão incorporadas a este acervo situado no Departamento de Botânica da Universidade Federal de Pelotas.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
Realizar um levantamento florístico do estrato lenhoso da área ocupada pelo Grupo de Agroecologia (GAE) da Universidade Federal de Pelotas, localizada no Campus Capão do Leão, Rio Grande do Sul, Brasil.

Objetivos Específicos
• Descrever a composição florística do componente lenhoso;
• Classificar as espécies arbóreas quanto a sua utilização regional e importância em sistemas agroflorestais;
• Identificar o período de floração e frutificação das espécies identificadas;
• Elaborar chaves vegetativas de identificação para as famílias e espécies arbóreas;
• Contribuir com o conhecimento sobre as espécies encontradas na área do GAE, auxiliando no manejo do local.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
NATALIA CASTILHOS PIONER1201/04/201831/12/2018

Página gerada em 25/08/2019 17:19:33 (consulta levou 0.090366s)