Nome do Projeto
TENDÊNCIA DE ÍNDICES DE EXTREMOS CLIMÁTICOS DE TEMPERATURA E PRECIPITAÇÃO PARA O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
17/12/2018 - 11/12/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola
Resumo
Uma das principais preocupações relacionadas à mudança climática global é um esperado aumento na ocorrência de eventos extremos, bem como em sua distribuição, freqüência e intensidade. Os cenários projetados indicam que as mudanças climáticas produzirão substanciais influências na temperatura e no comportamento do ciclo hidrológico. Dentre seus componentes, a precipitação tende a ser significativamente afetada, com projeções que apontam para maior incidência de precipitações intensas e ventos de seca. A ocorrência desses eventos poderá produzir impactos sobre os ecossistemas, agricultura, riscos à saúde e vida humana, ambos particularmente relevantes para a sociedade. Por exercer significativa influência sobre o uso do solo, economia e sobre a própria atividade humana, a precipitação e temperatura têm sido estudadas mediante a análise abrangente de suas séries de registro, para a identificação de tendências em seu comportamento, projeção de cenários futuros, e ainda, para a melhor compreensão das relações entre tais eventos, as mudanças climáticas e seus impactos. Esses estudos constituem instrumento indispensável para a identificação de vulnerabilidades, planejamento de ações que busquem a adaptação da sociedade frente aos cenários projetados de mudanças climáticas, bem como mitigação de impactos, especialmente aqueles relacionados à ocorrência de eventos extremos, e conseqüentemente, à gestão de desastres e recursos naturais, como solo e água. Sob a hipótese de que há alteração de tendência nas séries de precipitação e temperatura no estado do Rio Grande do Sul, o objetivo deste Projeto consiste em verificar a existência desta, mediante a utilização de índices de detecção de mudanças climáticas, e ainda, estudo do comportamento dessas tendências mediante a aplicação de testes estatísticos. Posteriormente, se buscará ainda a aplicação de metodologias de análise espacial e temporal das variáveis em relação aos postos de monitoramento, com objetivo de identificar potenciais influências entre estes e sobre a grande área de estudo.

Objetivo Geral

Analisar a existência de alteração de tendência de em séries de temperatura e precipitação para o estado do Rio Grande do Sul, mediante a utilização de índices de detecção, como indicativo de mudanças climáticas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAMILA DE SOUZA COELHO217/12/201811/12/2020
CLAUDIA FERNANDA ALMEIDA TEIXEIRA GANDRA417/12/201811/12/2020
DIENIFER RADTKE217/12/201811/12/2020
EMANUELE BAIFUS MANKE217/12/201811/12/2020
LETÍCIA BURKERT MÉLLO217/12/201811/12/2020
MATHEUS CASSALHO217/12/201811/12/2020
PATRICK MORAIS VEBER217/12/201811/12/2020
RITA DE CASSIA FRAGA DAME417/12/201811/12/2020
ROBERTA MACHADO KARSBURG217/12/201811/12/2020
RODRIGO RIZZI217/12/201811/12/2020

Página gerada em 21/10/2019 04:54:21 (consulta levou 0.127317s)