Nome do Projeto
Acervo de Registros de Testamentos e Inventários de Pelotas (1864 a 1966): proveniência e fontes secundárias
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2019 - 31/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - História - História Regional do Brasil
Resumo
O presente projeto de pesquisa complementa o projeto de ensino intitulado Organização do Acervo de Testamentos e Inventários da Secretaria da Fazenda de Pelotas (1864 a 1966), em andamento. Indissociável do trabalho de organização do acervo que visa, em última instância, dar acessibilidade aos registros para pesquisadores, é a realização de uma pesquisa dentro do escopo do chamado Princípio da Proveniência, qual seja, analisar o contexto em que os documentos foram criados, o que vai orientar a descrição arquivística que visa organizar os dados e disponibilizá-los para consulta.É necessário conhecer a dinâmica de criação destes documentos, as regras que informam esta dinâmica e a forma com que seu conteúdo é apresentado. Finalmente, vale destacar que o outro objetivo do projeto é apontar fontes complementares, objetivo este definido a partir da constatação de que o Acervo alocado no NPHR é de registros de Inventários e Testamentos realizados pelo poder público local, mas que os próprios Inventários e Testamentos estão alocados em outro arquivo, o Arquivo Público Estadual do Rio Grande do Sul (APERS).

Objetivo Geral

Analisar a dinâmica de criação do Testamentos e Inventários de Pelotas, as regras que informam esta dinâmica e a forma com que seu conteúdo é apresentado.
Pesquisar fontes que complementam o trabalho de pesquisa em Inventários e Testamentos disponíveis em Pelotas.
Contribuir para preservar a memória, não apenas da instituição onde os documentos foram produzidos, mas de toda a comunidade;
Ofertar espaços para a realização de Atividades Práticas de Organização de Arquivos ao Curso de Bacharelado em História da UFPEL;
Reforçar a ação de preservação da memória dentro do Núcleo de História Regional da UFPEL e dentro do curso de Bacharelado em História da UFPEL;
Contribuir para a valorização do Curso de Bacharelado em História da UFPEL;
Estimular a pesquisa em História de Pelotas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CLEONI LIMA DE AVILA803/12/201731/12/2018
PAULO CESAR POSSAMAI203/12/201703/12/2018

Página gerada em 04/12/2022 02:05:46 (consulta levou 0.202412s)