Nome do Projeto
CONSUMO ALIMENTAR E USO DE RECURSOS ERGOGÊNICOS POR TENISTAS AMADORES.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
21/12/2018 - 27/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
O tênis é uma modalidade esportiva caracterizada como exercício intermitente que alterna movimentos intensos, de curta duração e grande explosão com pequenas pausas para recuperação, durante o jogo (FERNÁNDEZ et al, 2006). A duração de uma partida de tênis é imprevisível, podendo variar de 60 a 300 mim (melhor de 3 sets ou melhor de 5 sets). Durante o jogo ocorrem breves intervalos com tempo distintos: 20 segundos, entre os pontos, para troca de lado de saque; 90 segundos, ao final de cada game ímpar para troca de lado da quadra e de 120 segundos entre os sets (ITF, 2018). Para ter um bom desempenho no jogo é importante que o praticante desenvolva algumas características como concentração, agilidade, disciplina, flexibilidade, resistência e acima de tudo que tenha uma boa performance física, que se obtém através do equilíbrio entre treino e nutrição. Desta forma a alimentação saudável exerce papel fundamental no desempenho do atleta, pois ela irá fornecer energia necessária para que as funções metabólicas como contração muscular, transporte de nutrientes e reparação das fibras musculares aconteçam (CARDOSO, 2006) Além do consumo de alimentos saudáveis, uma dieta equilibrada em macronutrientes, vitaminas e minerais, é capaz de suprir as necessidades fisiológicas e atender as demandas nutricionais para o alcance de bons resultados na prática da modalidade (GOMES et al, 2009). No entanto, apesar de uma alimentação adequada ser suficiente, estudos mostram que muitos esportistas, de diversas modalidades têm recorrido ao uso de suplementos alimentares ergogênicos, como creatina, maltodextrina, Whey protein, albumina, bebidas carboidratadas, entre outros, visando melhoria na performance desportiva, muitas vezes sem orientação profissional (SILVA, MARINS, 2013; TEIXEIRA 2013; LÓPEZ-SAMANÉS et al, 2017). Dentre as razões para o uso de recursos ergogênicos em diferentes modalidades, a literatura mostra que os esportistas buscam recuperação entre esforços, aumento nos níveis de energia, crescimento da massa muscular magra, entre outras. Apesar do crescente interesse por consumo de suplementos alimentares ergogênicos, muitos praticantes de esportes têm utilizado estes recursos de maneira errônea, ou seja, sem indicação e orientação de profissionais capacitados, o que pode causar um efeito contrário ao desejado, ao invés de melhorar a performance pode prejudicar o rendimento no esporte, além de trazer prejuízos à saúde (TEIXEIRA 2013; LÓPEZ-SAMANÉS et al, 2017).

Objetivo Geral

Objetivo Geral:

- Avaliar o consumo alimentar e o uso de recursos ergogênicos por tenistas amadores.
Objetivos Específicos:

- Conhecer o estado nutricional da amostra e verificar medida antropométrica de circunferência da cintura.
- Analisar o consumo e adequação da ingestão de macronutrientes e micronutrientes.
- Descrever quais são os recursos ergogênicos utilizados pela amostra.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FILIPE ANDRADE DE CORRÊA221/12/201827/12/2019
FILIPE ANDRADE DE CORRÊA221/12/201827/12/2019
JESSICA CAROLLINA VON SCHUSTERSCHITZ SOARES SCHIATTI221/12/201827/12/2019
LAUREN KOLLING PEREIRA221/12/201827/12/2019
MARIANA PARRON PAIM121/12/201827/12/2019
RENATA DE LIMA CONTREIRA 221/12/201827/12/2019

Página gerada em 03/12/2020 22:50:12 (consulta levou 2.606657s)