Nome do Projeto
Avaliação de novos alvos vacinais como vacina recombinante contra leptospirose
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/02/2019 - 31/12/2021
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
Causada por bactérias patogênicas do gênero Leptospira, a leptospirose é uma das zoonoses de maior distribuição mundial causando graves danos à saúde pública e significativas perdas econômicas em animais de produção. As vacinas comercialmente disponíveis para leptospirose consistem em preparações de células inteiras inativadas do microrganismo, que, embora sejam mundialmente aplicadas em cães, bovinos e suínos, induzem proteção de curta duração contra a doença e imunidade somente contra sorovares antigenicamente relacionados àqueles presentes na formulação vacinal. Além disso, tais limitações tornam estas vacinas suscetíveis para uso humano somente em alguns poucos países. Em vista disto, há a necessidade do desenvolvimento de vacinas mais efetivas que possam ser utilizadas para o controle da doença. Baseado nisto, neste trabalho estamos propondo a produção de vacinas recombinantes para leptospirose através da utilização de epítopos imunogênicos de OMPs com estrutura barril-β transmebrana com potencial imunoprotetor contra a doença. Estas construções consistem de três quimeras compostas pelas OMPs LIC12258, LIC10544 e LIC10539 (Quimera 1) LIC11366, LIC11975, LIC12252 e LIC11271 (Quimera 2) e LIC12693, LIC11941, LIC12307, LIC13135 e LIC12990 (Quimera 3) e cinco proteínas sintetizadas individualmente (GspD, FadL, OmpL68, OmpL72, OmpL94). A utilização dessa estratégia almeja reunir somente as porções expostas na membrana externa destas proteínas, as quais foram identificadas pela abordagem de Vacinologia Reversa e Estrutural. Para o desenvolvimento deste trabalho os genes serão quimicamente sintetizados e expressos em Escherichia coli. Após quantificação as proteínas recombinantes serão incoculadas em Ratos Wistar fêmeas para produção de soro policlonal, o qual será utilizado para posterior caracterização antigênica. As proteínas caracterizadas serão emulsificadas com adjuvante comercial para obtenção das vacinas recombinantes. A fim de avaliar a capacidade de proteção dessas novas formulações, hamsters serão imunizados com as vacinas recombinantes, em duas doses, seguido de desafio experimental com um inóculo letal de L. interrogans. Sangue será coletado para avaliar a resposta imune humoral. Amostras de rim, fígado e pulmão serão coletadas para avaliar a presença de lesões e indução de imunidade esterilizante.

Objetivo Geral

Construir genes contendo epítopos imunogênicos e expostos na membrana externa, derivados de proteínas com conformação barril-β transmembrana;
Padronizar o processo de expressão e purificação das proteínas em E. coli;
Obter e caracterizar anticorpos policlonais contra as proteínas preditas como expostas na superfície;
Avaliar o potencial imunoprotetor e esterilizante de cada composição vacinal em hamsters.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALAN JOHN ALEXANDER MCBRIDE201/02/201931/12/2021
ANA CAROLINA KURZ PEDRA501/02/201931/12/2021
ANDRÉ ALEX GRASSMANN201/02/201931/12/2021
MARA ANDRADE COLARES MAIA1001/02/201931/12/2021
NATASHA RODRIGUES DE OLIVEIRA1001/02/201931/12/2021
SERGIO JORGE1001/02/201931/12/2021
THAIS LARRÉ OLIVEIRA401/02/201931/12/2021
TIFFANY THUROW BUNDE501/02/201931/12/2021

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 2.200,00

Página gerada em 19/07/2019 01:46:44 (consulta levou 0.069092s)