Nome do Projeto
VIVÊNCIA DOS PROFISSIONAIS E ALUNOS ENVOLVENDO ACIDENTE POR MATERIAL BIOLÓGICO E/OU PERFUROCORTANTE
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
04/03/2019 - 27/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Resumo
Este estudo está relacionado à vivência experimentada por profissionais no período pós acidente ocupacional por material biológico possivelmente contaminado, ou seja, o intervalo de tempo desde a ocorrência do acidente até o desfecho final de acordo com cada caso (JANUÁRIO et al 2017). A pesquisa será realizada de forma descritiva-retrospectiva e exploratória, com abordagem qualitativa. Seu objetivo principal será descrever a vivência dos profissionais e alunos da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas com acidente por material biológico e/ou perfurocortante. Na primeira parte deste projeto realizou-se uma revisão de literatura a respeito de o que existe de evidência científica para uma melhor compreensão do tema. Foram abordados pontos relacionados ao profissional acometido de acidente ocupacional por material biológico potencialmente contaminado, conceito acidente ocupacional, ansiedade, características da ansiedade no período pós acidente com material biológico possivelmente contaminado, conceito de cuidado, a enfermagem e o cuidado e cuidados de enfermagem no atendimento ao profissional acidentado por material biológico. Na segunda etapa deste projeto a coleta será realizada através da aplicação de uma entrevista semiestruturada previamente testado, onde os profissionais da FO (UFPEL) acometidos por acidente com material biológico, responderão questões objetivas e subjetivas a fim de verificar os pontos mais importantes que envolvem a questão de pesquisa, objetivos e pressupostos a fim de identificar as limitações nos esclarecimentos realizados ao acidentado após a ocorrência do acidente biológico, elucidar os principais pontos fracos e reunir subsídios para o enfermeiro agir diretamente nas causas de ansiedade relacionadas a este período, podendo então contribuir para uma intervenção menos traumática, atenuar os níveis de ansiedade do paciente durante o atendimento inicial pós acidente ocupacional. Palavras-chave: Ansiedade, Acidente perfurocortante, Profissionais de saúde

Objetivo Geral

1.1 Objetivos

1.1.1 Objetivo Geral:
Identificar a principal causa de ansiedade dos profissionais e alunos da Faculdade de odontologia no período pós acidente ocupacional por material biológico potencialmente contaminado.

1.1.2 Objetivos Específicos:
- Descrever as causas da ansiedade durante o período pós acidente ocupacional por material biológico possivelmente contaminado.
- Investigar o efeito da ansiedade no profissional acometido de acidente ocupacional.
- Estabelecer uma relação entre a ansiedade e a expectativa do profissional quanto ao atendimento proporcionado no momento pós acidente.
- Averiguar as informações repassadas ao profissional para minimizar a ansiedade.
- Propor ações que subsidiem os profissionais enfermeiros para o trato com pacientes que apresentam alto nível de ansiedade.
Durante este estudo tem-se a intenção de identificar as limitações nos esclarecimentos realizados ao acidentado após a ocorrência do acidente biológico, elucidar os principais pontos fracos e reunir subsídios para o enfermeiro agir diretamente nas causas de ansiedade relacionadas a este período, podendo então contribuir para uma intervenção menos traumática, atenuar os níveis de ansiedade do paciente durante o atendimento inicial pós acidente ocupacional.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIZE RUTZ PORTO103/06/201927/12/2019
AMANDA DO ROSÁRIO TAVARES518/11/201927/12/2019
DIANA CECAGNO118/11/201927/12/2019
THIAGO ZURCHIMITTEN GALARCA503/06/201927/12/2019

Página gerada em 21/10/2021 07:55:33 (consulta levou 0.188575s)