Nome do Projeto
Acompanhamento e assessoria técnica a produtores de flores para corte e plantas ornamentais no âmbito do COREDESul do Rio Grande Sul.
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/05/2018 - 21/12/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Tecnologia e Produção / Educação
Linha de Extensão
Desenvolvimento Rural e Questão Agrária
Resumo
Este projeto foi concebido a partir de uma demanda real de agricultores familiares, produtores de flores e plantas ornamentais a fim de suprir a deficiência de orientação técnica sentida pelos mesmos. A partir do acompanhamento destes produtores serão buscadas soluções para os problemas detectados a campo junto aos diversos setores da Faculdade de Agronomia. Para isto estarão envolvidos nos projeto, além do professor da área de Horticultura Ornamental, acadêmicos do curso de pós-graduação em agricultura Familiar e do curso de graduação em Agronomia. O projeto será também uma forma de propiciar a aproximação de alunos e professores junto ao meio rural da região COREDESul socializando o conhecimento e buscando solucionar os problemas verificados dentro das áreas de produção de flores e plantas ornamentais.

Objetivo Geral

Os objetivos do projeto são:
Principal: Atender a demanda por assistência técnica de produtores de plantas ornamentais e flores para corte, da região de Pelotas.
específicos: 1- orientação dos produtores de flores para corte no manejo da produção e comercialização;
2- Orientar pequenos produtores rurais, da agricultura familiar, na condução e manejo do cultivo de plantas
ornamentais; 3- orientar produtores familiares, que oferecem atividades de turismo rural e gastronômico, na organização e reabilitação da paisagem no entorno de suas residências, criando um ambiente mais agradável e belo que atraia os visitantes e propicie uma melhora na sua qualidade de vida;
4- Possibilitar aos acadêmicos participantes do projeto a vivência da realidade produtiva da agricultura familiar e o treinamento no relacionamento e assistência técnica.

Justificativa

A floricultura é uma atividade agrícola que apresenta alta rentabilidade por área produzida,e tem contribuído para viabilizar as pequenas propriedades rurais em diversos países e no Brasil. O emprego da mão de obra varia de quatro até 20 pessoas por hectare, muito superior à ocupação das atividades rurais similares. Atualmente existem no Brasil cerca de 5.260 ha de área com o cultivo de flores e plantas ornamentais. A maior parte é destinada à produção de flores para corte e o restante destinados a plantas ornamentais. Aproximadamente 1.300 ha do cultivo de flores se realizam em ambiente protegido. A atividade está presente em mais de 3.500 propriedades rurais e proporciona mais de 26.000 empregos diretos no campo, em todo o País. O Rio Grande do Sul está entre os estados de maior consumo e produção de flores e plantas ornamentais do País, possuindo grande parte de sua produção concentrada em 11 municípios concentrados principalmente nas regiões noroeste e litoral norte do Estado. As empresas de floricultura no Rio Grande do Sul têm forte cunho familiar: mais de um terço da mão de obra (38%) corresponde à família. Apesar da reduzida extensão da área em cultivo, 46% dos produtores ainda empregam funcionários assalariados, que correspondem a 62% da mão-de-obra, quer como mensalistas (57%) ou como diaristas (5%). Portanto, além de auxiliar na fixação da população rural, o setor também se destaca como gerador de empregos em atividades agrícolas e o floricultor passa a assumir o perfil de empresário rural. A maioria dos floricultores gaúchos (89%) produz em área própria e 11% utilizam áreas arrendadas. A extensão total das propriedades envolvidas nesta atividade varia desde pequenas áreas, menores do que 1,0 ha, até áreas com mais de 1000 ha. Na média, cada propriedade cultiva 1,2 ha com plantas ornamentais. Mesmo com uma produção considerável o RS importa cerca de 60% do que
consome em termos de produtos da floricultura o que coloca o estado em uma situação de dependência para o abastecimento do mercado consumidor. esta situação é ainda mais crítica na região sul do Estado, no COREDE Sul, aonde o número de produtores é reduzido. No início doa anos 2000 existiam cerca de 25 produtores de plantas ornamentais e flores na região Sul do RS e, atualmente, acredita-se que este número seja menor, talvez não alcançando 20 propriedades. A maioria destes produtores não contam com
qualquer assistência técnica e enfrentam sérios problemas de cultivo e manejo das culturas como
também de comercialização dos produtos.

Metodologia

A atividade de extensão será realizada seguindo a metodologia descrita abaixo:
1. Identificação e cadastro dos produtores de plantas ornamentais e de flores de corte da região interessados em participar do projeto;
2. Visitas aos produtores registrados: realização de entrevistas, reconhecimento das propriedades, levantamento das dificuldades, problemas e dúvidas dos produtores;
3- Discussão dos problemas enfrentados pelos produtos relativos à produção e comercialização dos produtos com a equipe do projeto e busca de soluções;
4- Retorno às propriedades para orientação e acompanhamento das atividades produtivas; 5- Apresentação de propostas de melhorias paisagísticas e produtivas aos agricultores. 6- reuniões de discussão com os acadêmicos para acompanhamento e avaliação do projeto e resultados observados.
5- Apresentação de propostas de melhorias paisagísticas e produtivas aos agricultores.
6- reuniões de discussão com os acadêmicos para acompanhamento e avaliação do projeto e resultados observados.

Indicadores, Metas e Resultados

Os resultados obtidos serão avaliados através de reunião com os produtores assistidos e da aplicação de um
questionário aos mesmos e posterior análise do dados coletados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BEATRIZ BRUNO DO NASCIMENTO
CHAIANE BORGES SIGNORINI
CRISTIANE NEUTZLING
DANIELA HÖHN
LAIS PERIN
PATRICIA DA SILVA GRINBERG
PAULO ROBERTO GROLLI2
RICHARD EDELCIO RODRIGUES QUEVEDO
SIMONE PADILHA GALARCA
SYLVIO IAGO DE LIMA ESPINOSA
THALIA BIERHALS DA SILVA
VINÍCIUS BENTO DOS SANTOS

Página gerada em 28/11/2021 15:29:29 (consulta levou 0.101998s)