Nome do Projeto
Estereótipos de nação, gênero e raça no Ensino de LE
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
30/04/2019 - 15/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Educação
Linha de Extensão
Línguas estrangeiras
Resumo
Os discursos formam e conformam os sujeitos. Ao analisar os discursos nos materiais didáticos de ensino de LE percebemos a homogeneização e a representação de estereótipos de nação, gênero e raça, que não revelam a vivacidade e diversidade dos locais que produzem uma língua. A abordagem cultura do ensino de LE é de suma importância em nossos dias e também um desafio. Este projeto é uma proposta de execução de um curso de LE com a abordagem cultural, que contemple as minorias excluídas massivamente pelos materiais disponíveis no mercado.

Objetivo Geral

Promover cursos de língua espanhola a partir de uma abordagem cultura, que exponha seu alunado à diversidade cultural, às minorias excluídas massivamente pelos materiais e métodos didáticos disponíveis no mercado.

Justificativa

Adquirir uma língua é, inevitavelmente, adentrar nas diversas manifestações culturais de seus falantes. Romper os estereótipos de nação, raça e gênero é vislumbrar situações reais de língua, é percebê-la a partir de sua diversidade e amplitude. Será a partir de reflexões e produção de material didático específico à proposta, que poderemos propor à comunidade da região um curso de espanhol diverso, complexo e, portanto, em um contexto vivo e "real" de língua.

Metodologia

A partir da análise de materiais didáticos disponíveis no mercado, da conversa inicial com o grupo de alunos, elaboraremos um curso que promova a ruptura de esteriótipos estabelecidos. Com reuniões semanais do grupo de trabalho, disponibilizaremos cursos de Língua Espanhola com a abordagem cultural como método de ensino, organizado em módulos de um mês, perpassando os conteúdos para a aquisição de LE em nível básico.

Indicadores, Metas e Resultados

Ressignificar a abordagem cultural como métodos válido e inclusivo de LE; Formar turmas e cursos em que os discursos e enunciados tenham a preocupação em romper esteriótipos fossilizados sobre a ideia de nação, raça, gênero. Promover à comunidade mais um espaço para o ensino LE.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE COELHO DA SILVA1
JAIME LUCAS CARAMAO DE MATTOS

Página gerada em 03/07/2022 08:35:14 (consulta levou 0.085786s)