Nome do Projeto
Glossário visual de danos em esculturas policromada
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/07/2020 - 16/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Resumo
No Brasil, a formação em Conservação e Restauração em nível de graduação completou uma década em 2018, e de modo geral é uma área de conhecimento ainda em formação. O trabalho aqui exposto propõe-se a desenvolver material de referência, com finalidades didáticas e de documentação das práticas de Conservação e Restauração de bens Culturais em suporte madeira, mais especificamente, as esculturas em madeira policromada. A proposta é elaborar um glossário sobre os danos que comprometem a conservação adequadas de bens culturais em madeira.

Objetivo Geral

Produzir um glossário visual, que consiste de fichas de referência para identificação de danos (FIDs), de bens culturais de madeira policromada a partir da seleção de termos técnicos encontrados em diferentes publicações de referência na área e da produção de imagens de obras tratadas no Laboratório de Conservação e Restauração de Madeira do curso de graduação Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis.

Justificativa

A motivação para a realização desta pesquisa relaciona-se com a formação acadêmica, uma vez que o produto final destina-se a melhorar a qualidade dos procedimentos adotados em sala de aula para identificação e documentação dos danos nas esculturas em madeira policromada. O projeto também contempla aspectos de ensino, uma vez que o participação de alunos no processo de pesquisa para a produção de um glossário possibilita o aprofundamento e reelaboração de conhecimentos sobre os bens culturais em madeira. Além desta aplicação direta do produto da pesquisa nas atividades de ensino, é preciso informar que neste processo, a extensão também está fortemente inserida, uma vez que as restaurações de esculturas policromadas que acontecem no laboratório constituem-se em prestação de serviço à comunidade. Desta forma, as obras escultóricas que passam por tratamentos de conservação e restauração no laboratório serão utilizadas como fontes de estudos dos danos mais frequentes e produção de imagens para compor o glossário.
A proposta é publicar o glossário em formato de e-book, o que possibilitará um acesso amplo a este material de referência por outros profissionais, uma vez que são poucas as publicações desta tipo em língua portuguesa.

Metodologia

A metodologia do projeto está baseada em levantamento bibliográfico, análise crítica dos textos e termos identificados, produção de imagens, organização e apresentação dos resultados em forma de um glossário. A metodologia será aplicada nas seguintes etapas:

1) Levantamento bibliográfico, com a utilização de método comparativo para elencar os termos e suas variações que correspondem aos danos observados em esculturas de madeira policromada. Nesta etapa serão elencadas e consultadas obras de referências em português, inglês, espanhol, italiano e francês.
2) Seleção de obras (glossários e textos técnicos) publicadas por profissionais ou instituições de referência e credibilidade dentro da área de Conservação e Restauração de bens culturais em madeira.
3) Estudo e análise sobre os danos apontados na bibliografia e seus respectivos termos.
4) Adaptação de um modelo de ficha de identificação de danos (FIDs), que já está sendo aplicada no Laboratório de Conservação e Restauração de obras em papel, para as características das obras em madeira policromada.
5) Compilação e definição dos termos, os quais serão registrados na ficha (FIDs).
6) Identificação de imagens relacionadas aos danos na documentação fotográfica já existente no Laboratório de Conservação e Restauração de Madeira.
7) Produção de imagens para complementar a lista de danos definida.
8) Tratamento, com a aplicação de ajustes finos, das imagens geradas.
9) Organização e diagramação das FIDs.
10) Publicação do glossário em formato de e-book.






Indicadores, Metas e Resultados

A produção do glossário é o principal indicador de resultado esperado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CAROLINA FERNANDES DA SILVA
ANDRÉ ALEXANDRE GASPERI
CARINA FARIAS FERREIRA
CICERO THIAGO DE OLIVEIRA BALTAZAR
CLARISSA MARTINS NEUTZLING
DANIELE BALTZ DA FONSECA4
JANAÍNA VERGAS DA SILVA RANGEL
KELI CRISTINA SCOLARI2
LUIZA RIBEIRO SANTANA
Letícia Quintana Lopes
MAGDA VILLANOVA NUNES
MAIARA ZIEMER CAMERA
MARCIO LEANDRO FRAGA DAMACENO
MARI TEREZINHA VAHL MATTIES
MARIA HIASMIM BARBOSA ARAUJO
MARIANA PLANTZ DOS SANTOS
Marisa Cedrez Bittencourt
NATHÂNIA MARIA DA SILVA
OLGA GENI PINTO JECK CABRAL
PAMELA KAROW DOS SANTOS
Paulo Gustavo da Cunha Garcia Júnior
SILVANA DE FATIMA BOJANOSKI2
TATIANI ALVES RODRIGUES DE ABREU

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado Rio Grande do SulR$ 18.017,43Coordenador
CAPES / Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível SuperiorR$ 15.000,00Coordenador

Página gerada em 03/07/2022 06:20:23 (consulta levou 0.208922s)