Nome do Projeto
Avaliação e intervenção em Crianças com História de Fracasso Escolar
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
09/03/2020 - 08/03/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Educação
Linha de Extensão
Infância e adolescência
Resumo
O projeto de extensão ancora-se na psicologia histórico-cultural. Tem como objetivos avaliar e realizar intervenção psicológica em alunos do ensino fundamental que possuam história de fracasso escolar e que sejam encaminhados por escolas publicas e/ou privadas para o Centro de Neurodesenvolvimento da FAMED; implantar o serviço de avaliação psicológica para alunos do ensino fundamental com história de fracasso escolar, proporcionar atividades complementares aos acadêmicos da psicologia; contribuir para a formação acadêmica dos alunos de graduação do curso de psicologia; produzir novos conhecimentos que orientarão novos fazeres e interligar extensão, ensino e pesquisa. Uma das justificativas é a existência de poucos serviços públicos, na cidade de Pelotas, que prestem avaliação e intervenção psicológica a crianças com histórico de fracasso escolar. Fracasso escolar entendido como dificuldades na leitura, escrita e cálculo, repetência, reprovação. O projeto será desenvolvido da seguinte maneira: os alunos com história de fracasso escolar poderão ser encaminhados, para o Centro de Neurodesenvolvimento da FAMed, por escolas, pediatras, neurologistas, psiquiatras, etc.; entrevistas com familiares e professores; encontros semanais com os alunos com história de fracasso escolar para avaliação e intervenção psicológica, com duração aproximada de cinquenta minutos. Os acadêmicos de Psicologia terão a responsabilidade de realizar, no mínimo, uma avaliação e intervenção psicológica, por meio de jogos, em um aluno com história de fracasso escolar do ensino fundamental. O trabalho poderá ser realizado pelos acadêmicos individualmente ou em dupla. Os acadêmicos deverão cumprir cinco horas semanais, sendo uma em atendimento, duas de preparação e duas em supervisão acadêmica. Conforme a necessidade de atendimento poderá ser realizado em escolas de ensino fundamental. O presente projeto é a continuidade do projeto de extensão "Avaliação e Intervenção em Crianças com História de Fracasso Escolar" e tem articulação com o projeto de pesquisa O jogo de regras é um instrumento para o sucesso escolar em alunos com história de fracasso escolar?(código COCEPE 7522)

Objetivo Geral

Avaliar e realizar intervenção psicológica em alunos do ensino fundamental que possuam história de fracasso escolar e que sejam encaminhados
por escolas publicas e/ou privadas para o Centro de Neurodesenvolvimento da FAMED.
Implantar o serviço de avaliação psicológica para alunos do ensino fundamental com história de fracasso escolar.
Proporcionar atividades complementares aos acadêmicos da psicologia.
Contribuir para a formação acadêmica dos alunos de graduação do curso de
psicologia.
Produzir novos conhecimentos que orientarão novos fazeres.
Interligar extensão, ensino e pesquisa

Justificativa

O presente projeto justifica-se por oferecer aos alunos de graduação atividades complementares obrigatórias previstas no Projeto Pedagógico do Curso de Psicologia. Possibilitar a avaliação e intervenção contribuindo para uma melhor qualificação do futuro profissional. Justifica-se, também, por existirem poucos serviços públicos, na cidade de Pelotas, que prestem avaliação e intervenção psicológica a crianças que apresentem
história de fracasso escolar do Ensino Fundamental ancorados na Psicologia histórico-cultural.

Metodologia

O projeto consiste em uma intervenção composta de 3 etapas: a primeira consiste de entrevistas semi -estruturadas junto aos familiares, professores e avaliação do cliente; a segunda etapa é a intervenção por meio de jogos e por último avaliação da intervenção por meio de entrevistas semi-estruturadas junto aos familiares, professores e avaliação do cliente. Será desenvolvido da seguinte maneira: Os alunos com
história de fracasso escolar poderão ser encaminhados, para o Centro de Neurodesenvolvimento da FAMed, por escolas, pediatras, neurologistas, psiquiatras, etc. A intervenção psicológica é semanal, com duração aproximada de cinquenta minutos.
Os acadêmicos de Psicologia terão a responsabilidade de realizar, no mínimo, uma avaliação e intervenção psicológica em um aluno com história de fracasso escolar do ensino fundamental. O trabalho poderá ser realizado individualmente ou em dupla. Os acadêmicos deverão cumprir cinco horas semanais sendo uma em atendimento, duas de preparação e duas em supervisão acadêmica. Obs.: Conforme a
necessidade de atendimento este projeto poderá ser realizado em escolas de ensino fundamental.

Indicadores, Metas e Resultados

Os resultados esperados é que se propicie avaliação e intervenção em nove crianças por ano.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA MOURA QUINZEN
DÉBORA DE MELLO LISBOA
EDUARDA MARTINS MALUE
GIOGGIO ÁLLIX ALMEIDA
LETICIA MOTTA SOARES
MARTA MIELKE VARZIM
MARTA SOLANGE STREICHER JANELLI DA SILVA2
PAMELA PIEPER DOS SANTOS
PAOLA LEAL DE OLIVEIRA
SILVIA NARA SIQUEIRA PINHEIRO5
TALITA DOS SANTOS MASTRANTONIO
TIFFANI GOMES CARDOZO

Página gerada em 07/08/2022 22:32:02 (consulta levou 0.123073s)