Nome do Projeto
Guia Fotográfico das Flores do Taim
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
30/04/2020 - 23/12/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Meio ambiente / Comunicação
Linha de Extensão
Divulgação científica e tecnológica
Resumo
A Estação Ecológica do Taim, é de reconhecida importância ecológica e de função preponderante para a manutenção do equilíbrio ecológico da região onde está localizada. É palco de vasto número de pesquisas na zoologia e ecologia, entretanto, é carente de registros referentes a flora, neste sentido, o guia fotográfico digital prático, de plantas com flores, propõem-se a agregar valores na ajuda aos visitantes na identificação das flores da região.

Objetivo Geral

Produzir um Guia Fotográfico da Estação Ecológica do Taim.
Fotografar e identificar as espécies vegetais com flores;
Proporcionar ao visitante um mecanismo prático e acessível para identificar as plantas com flores daquela região
Divulgar o Guia para Universidades e Escolas da região sul do Rio Grande do Sul

Justificativa

A Estação Ecológica do Taim, com uma extensão de 320 km2, limite entre os municípios de Rio Grande e Santa Vitória do Palmar em faixa litorânea a 32° 50'S e 52°26'W, compreendendo uma ampla zona de banhado, extensas regiões de dunas, praias oceânicas e lacustres, lagoas, arroios, campos e capões de mata. Ou seja, enorme variedade de ecossistemas que sustentam uma alta diversidade de espécies, sendo reconhecido por sua importância ecológica. O banhado do Taim possui uma função muito importante para a manutenção do equilíbrio ecológico da região, como a produção de alimento, a conservação da biodiversidade, a contenção de enchentes e o controle da poluição. Os processos mais importantes nesse ecossistema são a geração de solo, a produção vegetal e a estocagem de nutrientes, água e biodiversidade.
Inúmeros trabalhos em diferentes áreas das ciências biológicas já foram realizados nessa Estação Ecológica, entretanto, a inexistência de registros referentes a flora é um fato, sendo este trabalho, um registro pioneiro na área da Botânica.

Metodologia

Parte das imagens já foram coletadas na área em questão em outubro de 2017 por estudantes da turma M2, da disciplina de Sistemática de Fanerógamas dos Cursos de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Pelotas. Nesta ocasião, a proposta de acolhimento do uso de aparelho celular em atividades didáticas foi discutida. Entretanto, pelo menos mais quatro viagens de campo serão utilizadas para que novos registros fotográficos sejam feitos. As imagens serão selecionadas, famílias e espécies botânicas determinadas.

Indicadores, Metas e Resultados

Número de downloads realizados;
Número de notícias divulgadas;
Número de visualizações da matéria em redes sociais houver divulgação

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BIANCA DE OLIVEIRA
LEILA DE FATIMA NOGUEIRA MACIAS1

Página gerada em 03/07/2022 08:49:37 (consulta levou 0.050538s)