Nome do Projeto
Patologia interativa
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
01/04/2020 - 30/11/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
A criação de um espaço interativo para discussão de casos, explorando características clínicas e radiográficas, bem como tratamento de diferentes patologias bucais, busca complementar o aprendizado discente através da ilustração de várias situações já debatidas em sala de aula, ou mesmo situações raras, não exploradas no programa da disciplina. O envolvimento dos alunos nos estudos dos casos clínicos se constitui em ferramenta importante para o aprendizado, pois possibilita uma análise crítica dos eventos que ocorrem na clínica estomatológica. Além disso, o site representa uma estratégia de educação continuada, já que após o 4° semestre, o único contato direto com a Estomatologia ocorrerá no final do curso, no estágio de especialidades.

Objetivo Geral

Este projeto propõe-se a destacar a importância da participação ativa do aluno no processo ensino-aprendizagem e no desenvolvimento do raciocínio clínico, a partir da discussão de casos abrangendo diferentes aspectos clínicos, imaginológicos, histopatológicos e terapêuticos de patologias da região bucomaxilofacial.

Justificativa

É prática predominante nas instituições acadêmicas do Brasil o modelo tradicional de ensino, no qual a relação entre professor e aluno dá-se de maneira unidirecional, com a simples transferência de conteúdos. Tal modelo, muitas vezes torna difícil a captação do interesse do aluno e dificulta o aprendizado, uma vez
que não estimula o raciocínio clínico, imprescindível para a formação profissional. No intuito de enriquecer o processo de ensino-aprendizagem, o projeto do site Patologia Interativa busca utilizar estratégias participativas na tentativa de mudar essa realidade. O primeiro contato dos graduandos em odontologia com a Estomatologia e a Patologia Bucal ocorre no 4º semestre do curso, na Unidade de Diagnóstico Estomatológico II, através de atividades teóricas e práticas. As práticas clínicas são
vinculadas ao ambulatório do Centro de Diagnóstico das Doenças da Boca, um serviço em que o agendamento ocorre na forma de livre demanda. Desta forma, a equipe de professores não tem como controlar quais casos os alunos irão acompanhar e muitas das alterações discutidas nas atividades teóricas não serão vivenciadas na prática. Neste contexto, a criação de um espaço interativo para discussão de casos, explorando características clínicas e radiográficas, bem como tratamento de diferentes patologias bucais, irá complementar o aprendizado através da ilustração de várias situações já debatidas em sala de aula, ou mesmo situações raras, não exploradas no programa da disciplina. O envolvimento dos alunos nos estudos dos casos clínicos se constitui em ferramenta importante o
aprendizado, pois possibilita uma análise crítica dos eventos que ocorrem na clínica estomatológica, além de possibilitar o contato com diversas situações, que de outra forma, eles não teriam oportunidade de visualizar. Além disso, o site representa uma estratégia de educação continuada, já que após o 4° semestre, o único contato direto com a Estomatologia ocorrerá no final do curso, no estágio de especialidades.

Metodologia

Este projeto propõe-se a destacar a importância da participação ativa do aluno no processo ensino-aprendizagem e no desenvolvimento do raciocínio clínico a partir da discussão de casos. Para isso foi criado um ambiente virtual que será alimentado quinzenalmente com casos clínicos envolvendo alterações de mucosa e pele, alterações dentárias, alterações sistêmicas e alterações ósseas da região bucomaxilofacial. Através da apresentação de imagens clínicas, imaginológicas e histopatológicas, os estudantes serão estimulados a buscar o diagnóstico para cada caso, fazendo uma revisão da etiopatogenia e sugerindo, de acordo com sua vivência, a melhor estratégia terapêutica. Além disso, também será disponibilizado material didático referente às atividades práticas das disciplinas de Patologia Geral e UDE II, disponível para download, e artigos científicos para embasar a discussão dos casos. Serão realizados encontros periódicos para discussão presencial dos casos do mês.

Indicadores, Metas e Resultados

Com a estratégia interativa espera-se enriquecer o processo de ensino-aprendizagem, agregando ao conhecimento prévio dos alunos novas informações sobre o conteúdo teórico-prático da disciplina.
Desta forma, a expectativa é de que o site represente um elemento inovador na sedimentação do conhecimento e na construção da autoconfiança dos estudantes, valorizando o aluno como sujeito do
processo ensino-aprendizagem, já que é uma ferramenta que possibilita e estimula a discussão e o compartilhamento de informações e experiências para a construção da autonomia dos discentes. Além disso, existe a possibilidade de integrar conhecimentos de outras especialidades na discussão de aspectos imaginológicos e diferentes opções terapêuticas, bem como na valorização do paciente como um indivíduo com necessidades únicas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA ETGES1
ALINI CARDOSO SOARES
ANA CAROLINA UCHOA VASCONCELOS1
ANA PAULA NEUTZLING GOMES1
LAYLLA GALDINO DOS SANTOS
LUISE DOS SANTOS FERREIRA
MELISSA FERES DAMIAN
SANDRA BEATRIZ CHAVES TARQUINIO1

Página gerada em 28/11/2020 23:54:06 (consulta levou 0.113198s)