Nome do Projeto
Higienizador Eco-Mãos
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
20/04/2020 - 23/02/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Tecnologia e Produção / Educação
Linha de Extensão
Desenvolvimento de produtos
Resumo
Estamos vivenciando um período de incertezas e mudanças de hábitos a partir do surgimento do coronavírus (Covid-19). Entre essas mudanças de hábitos, destaca-se a higienização das mãos como um aliado no combate à disseminação do vírus. O projeto desenvolvido na presente proposta será uma pia portátil, este que segue orientações de um protótipo existente na Universidade Federal de Rio Grande (FURG), com adaptações à realidade da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O produto proposto pelo Centro de Engenharias (CEng) contará com uma parte automática (sensores de presença) para acionamento do sabão e da abertura da torneira, atendendo as recomendações da área da saúde. A motivação do projeto de uma pia portátil está em oportunizar aos locais públicos um equipamento de fácil acesso e uso para que ocorra essa higiene de forma constante e habitual, além do importante papel educativo.

Objetivo Geral

O objetivo do presente projeto é desenvolver uma pia portátil automatizada, econômica e ecoeficiente indicada para higienização das mãos.

Para atingir o objetivo geral, são propostos os seguintes objetivos específicos:
- promover a disseminação do hábito da higienização das mãos;
- conscientizar a população para mudança de hábitos de higiene no dia a dia;
- desenvolver um produto sustentável, de baixo custo e fácil manutenção;
- inserir o produto em vários contextos dentro da região, atendendo a áreas da saúde, educação e aos cidadãos de forma geral.

Justificativa

Segundo o Ministério da Saúde (2020), Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19). Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A forma mais eficiente de prevenir a disseminação da doença é a lavagem das mãos. Nesse sentido, para ajudar a combater o avanço da pandemia do coronavírus (Covid-19), a FURG elaborou um projeto de pias portáteis automatizadas para higienização das mãos. O protótipo será disponibilizado para uso no interior do Hospital Universitário (HU-FURG/Ebserh) e também nos postos de triagem do Complexo Hospitalar Santa Casa do Rio Grande, para higienização das mãos dos pacientes e visitantes (FURG, 2020).

Percebida a necessidade de tornar a higienização um hábito, pretende-se adequar o projeto da pia portátil da FURG para disponibilizar protótipos na região de Pelotas. Além disso, espera-se ampliar as ações na área de educação para saúde, fazendo com que as pessoas realmente incorporem no seu dia a dia esse costume de lavar as mãos. Esse equipamento deverá ser disposto em espaços onde há circulação de muitas pessoas como paradas de ônibus, praças e parques, escolas, hospitais, centros comerciais entre outros.

Metodologia

A presente pesquisa é classificada como uma pesquisa exploratória e aplicada. Conforme Gil (2010), os estudos aplicados têm como objetivo a utilização de toda informação disponível para a criação de novas tecnologias e métodos, transformando a sociedade atual em que vivemos. Esse tipo de pesquisa possui resultados mais palpáveis, muitas vezes, percebidos pela população.

Os estudos científicos apoiam-se em diversos procedimentos técnicos de pesquisa. Entre eles estão: técnica bibliográfica, documental, observacional, experimental, ex-pos-facto, levantamentos, estudo de campo, estudo de caso, pesquisa-ação e pesquisa participante. Esta proposta de projeto de extensão visa buscar informações e gerar conhecimento através de pesquisa observacional e experimental.

Apresenta-se a seguir o delineamento metodológico. Na primeira etapa, busca-se realizar um estudo sobre o produto desenvolvido pela FURG, no caso uma pia portátil automática. De acordo com os idealizadores, as pias apresentam um sistema híbrido: ele funciona conectado às redes hidráulicas e também pode ser abastecido manualmente. O equipamento projetado na FURG traz dois recipientes de igual volume, um para água limpa e outro para efluentes, e ainda um reservatório para sabão líquido. A capacidade é de 60 litros. O sistema desenvolvido faz o acionamento por proximidade. Primeiramente, ele lança o sabão líquido e, então, a torneira aciona o jato d'água também com a resposta de um sensor. A pessoa que o utiliza não precisa abrir ou fechar a torneira, evitando possibilidade de contaminação (FURG, 2020). Após, a segunda etapa prevê o estudo de viabilidade técnica e econômica para produzir o protótipo. Nesta etapa, o objetivo é verificar a disponibilidade de materiais disponíveis no almoxarifado da UFPel, também a possibilidade de aquisição de materiais não disponíveis e possíveis parcerias com setor privado. Ainda, será realizado estudos para verificar o custo do produto e aspectos relativos à fabricação para desenvolvê-lo. A etapa 3 está focada na fabricação do protótipo, nesse momento serão realizados todos os testes para prever e prevenir possíveis falhas no sistema. Por fim, a etapa 4 consiste em selecionar um local para exposição do protótipo e realizar o acompanhamento deste no dia a dia para avaliações.

Indicadores, Metas e Resultados

O presente projeto deverá gerar resultados que contribuirão em uma série de pontos, dentre os quais é possível citar:
a) apoiar as ações da UFPel para o combate do coronavírus (Covid-19);
b) proporcionar à sociedade a oportunidade para educação para saúde, por meio da promoção de bons hábitos como lavar as mãos de forma habitual;
c) envolver e motivar os docentes e discentes dos cursos do CEng e da UFPel para o desenvolvimento de projetos em equipes multidisciplinares;
d) proporcionar o desenvolvimento de um equipamento que seja sustentável, econômico de fácil uso e manutenção.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE RIBEIRO PALIGA3
ALINE SOARES PEREIRA2
ARIANE FERREIRA PORTO ROSA2
CARLOS GUILHERME DA COSTA NEVES2
CAROLINE MENEZES PINHEIRO
DARCI ALBERTO GATTO1
DIEGO DOS SANTOS OLIVEIRA
Douglas de Castro Brombilla
ELKA CAROLINA OJEDA
ELMER ALEXIS GAMBOA PENALOZA6
GEORGE COUTINHO LIMA
GIUSEPE STEFANELLO2
GLAUBER ACUNHA GONÇALVES
ISABELA FERNANDES ANDRADE4
JOSE CARLOS NORNBERG HIRDES3
JULIAN SILVA DA CUNHA
JÉSSICA TORRES DOS SANTOS
LIDIA MARTINELLI DE OLIVEIRA
LOUISE HOSS
LUCAS DOS SANTOS PEREIRA
LUCAS MAYDANA MENDES
MAURIZIO SILVEIRA QUADRO2
MIGUEL BECK BERNO
PEDRO HENRIQUE DIEHL
RACQUEL KNUST DOMINGUES
RAFAEL EICHOLZ RUTZ4
VANDERSON KRUSCHARDT VOLZ
Vitor Irigon Gervini
WILLIAM RIBEIRO RODRIGUES
YAN COSTA ALEGRE

Página gerada em 23/07/2021 21:20:12 (consulta levou 0.155450s)