Nome do Projeto
Perfil do microbioma intestinal em adolescentes da coorte de nascimento de Pelotas de 2004
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
16/05/2020 - 16/05/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
Microorganismos intestinais interagem com o metabolismo do hospedeiro por meio da extração de energia dos alimentos e da produção de determinados nutrientes. A composição da microbiota intestinal no início da vida pode potencialmente influenciar o crescimento e o risco de desenvolver futuras patologias, como atopia e obesidade. O objetivo primário do presente projeto consiste em coletar material fecal dos participantes da coorte de nascimentos de Pelotas de 2004 aos 12-13 anos com o intuito de futuramente avaliar a composição do microbioma intestinal e sua associação com trajetórias de crescimento, composição corporal e condições de saúde e socioeconômicas. Amostras de fezes serão coletadas e armazenadas em condições que garantem a estabilidade do material em longo prazo. Futuramente, pretende-se extrair o DNA das amostras e avaliar a composição da microbiota intestinal por meio de sequenciamento do gene 16S rRNA.

Objetivo Geral

O objetivo do presente projeto consiste em coletar material fecal dos participantes da coorte de
nascimentos de Pelotas de 2004. O material coletado será futuramente utilizado para avaliar o padrão da
microbiota intestinal dos adolescentes

Justificativa

Microorganismos intestinais interagem com o metabolismo do hospedeiro por meio da extração de
energia dos alimentos e da produção de determinados nutrientes. A composição da microbiota intestinal
no início da vida pode potencialmente influenciar o crescimento e o risco de desenvolver futuras
patologias, como atopia e obesidade. O objetivo primário do presente projeto consiste em coletar material
fecal dos participantes da coorte de nascimentos de Pelotas de 2004 aos 12-13 anos com o intuito de
futuramente avaliar a composição do microbioma intestinal e sua associação com trajetórias de
crescimento, composição corporal e condições de saúde e socioeconômicas.

Metodologia

Amostras de fezes serão coletadas e armazenadas em condições que garantem a estabilidade do material em longo prazo.
Futuramente, pretende-se extrair o DNA das amostras e avaliar a composição da microbiota intestinal por meio de sequenciamento do gene 16S
rRNA.

Indicadores, Metas e Resultados

Identificar DNA bacteriano em todas as amostras e identificar o perfil da microbiota em cada amostra de fezes.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALICIA MATIJASEVICH MANITTO
ALUISIO JARDIM DORNELLAS DE BARROS2
INA DA SILVA DOS SANTOS
LUCIANA TOVO RODRIGUES2
MARIA CAROLINA BORGES
MARIANA OTERO XAVIER
MARINA XAVIER CARPENA
ROMINA BUFFARINI

Página gerada em 26/11/2021 20:04:03 (consulta levou 0.099039s)