Nome do Projeto
Conceitos da Industria 4.0 na prevenção de acidentes do trabalho
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/06/2020 - 01/06/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias
Resumo
O objetivo deste trabalho será realizar uma revisão sistemática sobre como a utilização de conceitos da Indústria 4.0 podem auxiliar na prevenção de acidentes de trabalho. Diante da dinamização e modificação de processos industriais trazidos pelos conceitos abordados da denominada Quarta Revolução Industrial, ou Indústria 4.0, e o impacto direto causado nos ambientes de trabalho, faz-se necessário o estudo e a análise do uso das novas tecnologias aplicadas à Segurança e Saúde do Trabalho (SST), mais especificamente, na prevenção e consequente redução dos acidentes de trabalho. De acordo com dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, o Brasil registrou 16.455 mortes e 4.5 milhões acidentes entre 2012 e 2018. No mesmo período, gastos da Previdência com Benefícios Acidentários corresponderam a R$79 bilhões, e foram perdidos 351.7 milhões dias de trabalho com afastamentos previdenciários e acidentários , sendo a Construção Civil o ramo lider no Brasil em incapacidade permanente, o segundo em número de mortos e o quinto em afastamento com mais de quinze dias (Fundacentro, 2019). Já existem abordagens usando destas tecnologias para bem estar laboral dos colaboradores, como por exemplo, o uso de algoritmos para a análise de dados de acidentes de trabalho (princípio do Big Data), inserção de Inteligência Artificial (IA) e sistema IoT (Internet das Coisas) para controle simultâneo de situações de risco de acidentes, além da possibilidade de integração à plataformas tornando mais assertivas as decisões e o controle de riscos, ou ainda, o uso da Realidade Aumentada para a antecipação de riscos e investigação/auditorias de acidentes. A fim de mensurar como as corporações estão ambientadas frente a esta nova realidade, o projeto visa, além da revisão sistemática sobre o assunto, a elaboração e aplicação de um questionário em indústrias da região abordando questões como a aplicação ou intenção de aplicação dos conceitos da Segurança 4.0 pelas empresas. Consequentemente, este projeto levará conhecimento atual sobre modernidades que vêm sendo aplicadas em empresas do exterior e, portanto, contribuirá com a manutenção ou elevação da competitividade das indústrias brasileiras.

Objetivo Geral

Realizar uma análise sistemática quanto às possíveis formas de prevenção e redução de acidentes de trabalho, usando dos conceitos e princípios da Indústria 4.0.

Justificativa

O presente projeto justifica-se devido a necessidade urgente de reavaliação das metodologias de prevenção e redução de acidentes de trabalho devido aos altos índices de acidentes, afastamentos e mortes devido ao trabalho, tópico este que vem sendo muito discutido pelos especialistas da área da Saúde e Segurança. Inclusive este foi o tema da última Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho de 2019 (CANPAT), promovida pelo Ministério da Economia, que hoje incorpora o Ministério do Trabalho.

A gestão dos riscos ocupacionais deve ser repensada, reavaliada e mais ainda, renovada, pois são nítidos os resultados negativos que ainda possuímos, que impactam tanto as corporações economicamente, quanto a vida e bem estar de muitos colaboradores, que por vezes, tem danos irreversíveis, gerando assim, um impacto econômico também ao País.

Dado o advento das novas tecnologias, aumenta-se o leque de possibilidades existentes para uma gestão efetiva, prática, simultânea e prevencionista quanto a SST, tornando o tema do projeto de suma importância para a verificação das mudanças que já estão sendo realizadas neste campo de atuação, disseminando formas de tornar as empresas brasileiras mais competitivas, pois abordará questões inovadoras em âmbito nacional, possibilitando uma mudança de paradigma e realidade quanto a maneira de se fazer Segurança.

Metodologia

A proposta metodológica envolvida neste projeto, agrega, além do estudo de revisão sistemática, realizando pesquisa e um filtro sobre os artigos relacionados à temática trabalhada, uma busca por alternativas e propostas a fim de renovar o modo usualmente dado a Segurança e Saúde no Trabalho e mais ainda, estudando e avaliando a aplicabilidade das sugestões e melhorias em um setor de grande impacto econômico e de, também, grandes problemas relacionados ao labor e saúde ocupacional dos trabalhadores atuantes.

Indicadores, Metas e Resultados

O projeto terá como indicador a análise sistemática do assunto abordado, bem como a aplicação de questionário adequado ao setor da Construção Civil levantando dados e informações relevantes que trarão à comunidade acadêmica, como meta, a avaliação da preparação das organizações quanto a modernização dos programas e metodologias relacionadas à SST e tem como resultado esperado a ampliação do pensamento quanto às formas de se prevenir e cuidar da saúde ocupacional do nosso trabalhador gerando a possibilidade de aplicação de métodos alternativos e o aprofundamento em estudos posteriores.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE SOARES PEREIRA1
ANDRIA LEMOS HUELSEN DECIO
CAROLINA PAZ DA CRUZ
CAROLINE MARTIRENA MONKS DA SILVA
EDUARDA LEITE POREPP
ETIENE VILLELA MARRONI1
ISABELA FERNANDES ANDRADE1
LUIS ANTONIO DOS SANTOS FRANZ1
RENATA HEIDTMANN BEMVENUTI6
THABATA BIERHALS HARTWIG

Página gerada em 22/10/2021 14:05:53 (consulta levou 0.171107s)