Nome do Projeto
FOLK-COVID: Diagnóstico Internacional sobre os Impactos da Pandemia do Covid-19 em Contextos Folclóricos
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
31/05/2020 - 31/08/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes
Resumo
O presente projeto de pesquisa se constitui em uma ação universitária de investigação do cenário afetado pela Pandemia do COVID-19, mediante a análise de contextos folclóricos em diferentes países e continentes. A ação é promovida pela Universidade Federal de Pelotas, por meio do Grupo de Pesquisa OMEGA – Observatório de Memória, Educação, Gesto e Arte e do Núcleo de Folclore da UFPel – NUFOLK (Centro de Artes), em parceria com a ABRASOFFA – Associação Brasileira de Organizadores de Festivais de Folclore e Artes Populares (São Paulo) e com apoio de diferentes universidades e instituições dentro e fora do Brasil como a FURB - Universidade Regional de Blumenau (Santa Catarina), a UPV - Universitat Politècnica de València (Espanha), a Abambaé Companhia de Danças Brasileiras (Pelotas/RS) e a Asociación Civil América Unida (Ciudad del Plata/Uruguai). O estudo visa mapear contextos tematizados pelo folclore, as artes tradicionais e as culturas populares, direcionando-se à análise sobre quais os efeitos que a Pandemia já causou e está causando nestes contextos, especialmente no que se refere à realização e/ou adaptação dos mesmos, sua continuidade e/ou postergamento, bem como refletir acerca dos possíveis impactos sócio-econômicos sofridos e a projeção de desdobramentos para o futuro.

Objetivo Geral

Mapear, analisar e refletir sobre os impactos da Pandemia do Covid-19 em contextos folclóricos, por meio de questionários online, bem como divulgar os resultados encontrados.

Justificativa

Considerando:
- a pandemia do Covid-19 e todos os seus impactos globais,
- o cenário atual de cancelamento de eventos em todo o mundo,
- a área de cultura como uma das mais afetadas até o momento com a pandemia,
- a necessidade de mapear a realidade de contextos folclóricos e conhecer os impactos sofridos,
- a possibilidade de desenvolver um estudo que venha a contribuir com o desenho e planejamento de políticas públicas para o futuro nas áreas envolvidas, e,
- a importância de olhar, investigar e contribuir com os contextos folclóricos em diferentes países, por meio de diversas parcerias; acreditamos que se justifica sobremaneira a realização da presente investigação.

Metodologia

Pesquisa quanti-qualitativa com realização de uma enquete on line para contatar agentes que atuam em contextos folclóricos, no Brasil e no exterior, de modo a coletar dados para posterior tabulação, análise e difusão/publicação, em torno de questões que envolvem os impactos sofridos pela Pandemia do Covid-19.

Indicadores, Metas e Resultados

Considerando como indicadores as categorias:

1) Agentes,
2) Eventos, e
3) Países.

Espera-se atingir com a pesquisa as metas de, no mínimo, 40 agentes de atuação em contextos folclóricos, 30 eventos folclóricos (sendo 10 no Brasil e 20 no exterior) e 10 países diferentes em 3 continentes.

Como resultados esperados, pretendemos fazer uma diagnóstico dos impactos da Pandemia do Covid-19 nestes contextos, de modo a gerar um relatório que permita desenhar este cenário e possa ser divulgado a instituições e governos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BELIZA GONZALES ROCHA
CARMEN ANITA HOFFMANN20
Camila Leal Rosa
EDERSON ZANETI VERGARA
EDINALDO ARAUJO MORAIS
FELIPI DOS SANTOS CORREA
HELENA BEATRIZ XAVIER LOURENÇO
Javier Alfonso Gómez Chavarro
Lucas Moreira Araujo
Marco Aurelio da Cruz Souza
NATIELE MEIRELLES MARTINS
NÁDIA FRATANTONIO
RAFAEL AFONSO SILVA
REBECA DA CUNHA RECUERO
Stefanie Müller
THOBIAS SILVA DE AMORIM JESUS
Thiago Silva de Amorim Jesus24
Vicent Giménez Chornet

Página gerada em 03/07/2022 09:22:03 (consulta levou 0.484255s)