Nome do Projeto
Globalização, neoliberalismo e educação
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
25/06/2020 - 10/09/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
Nos últimos anos tanto o conceito de globalização, como o de neoliberalismo tem estado em voga. É quase unanimidade que vivemos um processo de globalização, onde padrões de comportamentos, modos de pensar, nacionalidades são sentidas por todos. Nesse conjunto uma teoria tem avançado sobre o mundo, no caso, o liberalismo, destruindo-te o Estado de Bem Estar Social, e implantando o domínio do mercado. A globalização num viés economista implica na dissolução das barreiras nacionais em nome de uma livre circulação dos mercados de capitais. O modelo capitalista não pode ser visto como articulado a alguma nação em particular, mas como resultado de um supranacionalismo, "portanto, opera no plano do engajamento individual com valores globalizas, em um extremo, e na formação de uma classe internacional de capitalistas, gerentes, burocratas, astros da mídia, no outro"(Albrow, 1996: 340/341). De um modo geral, podemos caracterizar a globalização como um sistema onde instituições supranacionais começam a limitar e corroer as opções de políticas de qualquer estado específico; impacto avassalador nos processos de produção, consumo, comércio e fluxo de capital; ascensão do neoliberalismo como um discurso político hegemônico; para muitos, ainda, a globalização é principalmente um conjunto de mudanças percebidas, onde "forças maiores" (a competição global, as exigências do FMI e do Banco Mundial, alianças regionais, e assim por diante), "não deixam nenhuma escolha ao Estado, além de agir segundo um conjunto de regras que não criou"(Burbules, Torres, 2004:11) Referências: ALBROW, Martin. Globalização. In: OUTHWAITE, William; BOTTOMORE, Tom (Org.). Dicionário do pensamento social do século XX. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996. BURBULES, Nicholas C.; TORRES, Carlos Alberto (Org.). Globalização e Educação: perspectivas críticas. Porto Alegre: Artmed, 2004. HARVEY, O neoliberalismo: história e implicações. São Paulo: Edições Loyola, 2014. SANTOMÉ, Jurjo Torres. A Educação em tempos de Neoliberalismo. Porto Alegre: Artmed, 2003. TEODORO, António. A educação em tempos de globalização neoliberal: os novos modos de regulação das políticas educacionais. Brasília: Liber Livros, 2011.

Objetivo Geral

Investigar como o processo de globalização e as políticas neoliberais tem procurado destruir o estado de bem estar social, pregando a diminuição do papel do estado, atacando os movimentos sociais e privatizando todas as instituições, sejam elas de ordem econômicas, sociais e ou educacionais. Essas políticas neoliberais e conservadoras tem procurado transformar o sistema educacional em um mercado, onde a educação seja reduzida a mais um bem de consumo.

Justificativa

Em termos educacionais, existe uma compreensão crescente de que a versão neoliberal da globalização, particularmente da forma implementada (e ideologicamente defendida) por organizações bilaterais, multilaterais e internacionais, reflete-se em uma agenda educacional que privilegia, se não impões de modo direto, certas políticas de avaliação, financiamento, padrões, formação de professores, currículo, instrução e testes. Diante desses pressupostos são necessários mais estudos sobre as respostas locais para defender a educação pública contra a introdução de mecanismos de mercados para regular as trocas educacionais e outras políticas que busquem reduzir o patrocínio e o financiamento estatal e impor modelos de administração e eficiência emprestados do setor empresarial como um arcabouço para a tomada de decisões envolvendo a educação. Frente a isso se faz necessário uma discussão, uma troca de ideias, um esclarecimento do momento histórico que estamos vivendo.

Metodologia

Serão realizados encontros semanais mediatizados pelo uso do Skype (em razão da pandemia). Cada encontro terá um texto previamente selecionado para leitura, no encontro online será feita uma breve síntese do texto e depois teremos momentos para troca de ideias, debates, discussões.
Serão indicados alguns links, onde os alunos poderão aprofundar o que foi tratado no encontro.
Breves textos serão elaborados para uma compreensão de algumas categorias básicas, como; Estado, luta de classes, liberalismo, neoliberalismo, mercado, etc.

Indicadores, Metas e Resultados

A participação dos envolvidos, a leitura dos textos indicados, e a possibilidade de os mesmos começarem com competência aprofundar alguns dos temas discutidos. Espera-se que os participantes possam compreender melhor o que seja globalização e neoliberalismo, e como dentro desse contexto, essas políticas públicas transformam/destroem/ ou reestruturação novas práticas educacionais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AIRTON MUNHOZ VIEIRA
ALEXIA KAMILI FRANÇA DE OLIVEIRA
ALINE NUNES DA CUNHA DE MEDEIROS
ANNA LUIZA MARTINS SCHUCH
ARIÁDINE MARQUES DA ROSA
BRUNA MOURA DA SILVA
CAMILA CASTRO VINHAS
CAROLINA NOGUEIRA DA ROSA
CESAR DE LIMA DE MELO
CINARA BRUM DOS SANTOS
DANDARA LIMA CARDOSO
EDUARDO ARRIADA8
INDIARA DOS SANTOS DIAS
JAQUELINE LAKMAN ALMEIDA
KETHELYN SANTOS SOUTO
LEONARDO PINHEIRO DE ANDRADE
LUIZA BELEM TEIXEIRA
LUIZA TUMELERO
MARCIA ELISA LOPES MACEDO
NIVIA JUÇARA SILVEIRA DUTRA
RAFAELA SANT ANA LANDGRAF
SANDRA REGINA BARBOSA PARZIANELLO
VANESSA DUTRA RADMANN

Página gerada em 23/06/2021 08:16:00 (consulta levou 0.092974s)