Nome do Projeto
Etnografia do polo naval: os trabalhadores após o trabalho
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/08/2020 - 31/07/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
O projeto aqui apresentado tem como propósito buscar uma compreensão sobre a situação laboral e pós laboral dos trabalhadores e ex-trabalhadores do Polo Naval de Rio Grande. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que procurará analisar através de um estudo etnográfico longitudinal, a trajetória de vida desses trabalhadores, tendo como base a condição do trabalho no Polo Naval da cidade de Rio Grande. Nesse sentido, a proposta consiste em fazer um estudo sociológico, tendo como lócus a realidade dos trabalhadores que ficaram na cidade de Rio Grande, Pelotas e proximidades, mesmo após o debacle do Polo Naval, mas também sobre os que ficaram empregados no Polo Naval. Portanto, pretendemos com essa pesquisa analisar as suas estratégias laborais e de vida, após o empreendimento industrial que os incluiu (mesmo de forma instável, precária e com apenas uma parte das promessas cumpridas). Buscar-se-á, através da Sociologia do Trabalho e das abordagens etnográficas do trabalho, caracterizar as suas principais peculiaridades e os seus modos de vida pós-laboral, utilizando-se de metodologia apropriada para coleta de dados e execução da pesquisa. objetivo geral analisar as expectativas e vida laboral dos trabalhadores depois do encerramento do Polo Naval de Rio Grande. Trata-se de uma continuação de um projeto já em andamento, cadastrado no módulo antigo do Cobalto como o código 8156.

Objetivo Geral

Analisar quais são as expectativas tem hoje os trabalhadores e ex-trabalhadores do Polo Naval sobre uma mudança no cenário atual no Polo Naval. 2- Determinar estratégias laborais que desenvolvem para dar conta de sua situação atual de trabalho. 3- Analisar que estratégias individuais e coletivas desenham para reverter a situação atual. 4- Captar como os trabalhadores analisam seu grau de adesão no Polo Naval depois que esse empreendimento foi abandonado pelo Estado brasileiro.

Justificativa

O projeto se insere dentro da área de sociologia do trabalho, que é uma área de conhecimento central da sociologia que vem contribuindo para o entendimento das mudanças no mundo do trabalho no Brasil, nas últimas décadas. A pesquisa está orientada a captar a percepções dos trabalhadores no que diz respeito ao megaprojeto da indústria naval instalado nas primeiras duas décadas do século XX, resgatando a importância dessa experiência laboral, no contexto das cidades de Rio Grande e cidades próxima, como Pelotas, e da metade sul de Rio Grande do Sul.

Metodologia

Pesquisa de caráter etnográfico com entrevistas em profundidade com ex-trabalhadores do Polo Naval, grupos de discussão e análise de documentos.

Indicadores, Metas e Resultados

Publicação de resultados em eventos científicos.

Publicação em periódicos com Qualis A.

Obter um conhecimento mais aprofundado da realidade do trabalho na metade sul do Rio Grande do Sul.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA FERREIRA D´ AVILA
ANDRÉ DUTRA VIDAZINHA
HENRIQUE JESKE
PEDRO ALCIDES ROBERTT NIZ8

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPES / Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível SuperiorR$ 14.006,80Coordenador

Página gerada em 10/08/2022 01:26:26 (consulta levou 1.629415s)